LG Cinema 3D traz óculos mais simples com menos custo

LG Cinema 3D traz óculos mais simples com menos custo

O televisor foge do padrão até então criado pelo mercado

Fornecer uma experiência 3D decente é tentativa constante entre os fabricantes de televisores. Agora, com a Cinema 3D TV, a LG quer acertar um novo alvo: tornar a experiência mais barata, com óculos mais simples e telas de tamanhos menores, a partir de 32 polegadas.

O televisor foge do padrão até então criado pelo mercado: em vez de óculos ativos, que têm lentes com LCD que filtram as imagens emitidas pela tela, usam óculos passivos, com lentes polarizadas, mais baratos. O trabalho todo de transformar uma imagem em 3D fica por conta da tela, não mais dos óculos.

A LG aposta tanto nessa nova tecnologia - os óculos são os mesmos usados nos cinemas, por sinal - que vai parar de produzir telas de LED/LCD 3D com óculos ativos. Durante uma apresentação para a imprensa em São Paulo, vimos um modelo de 47 polegadas da Cinema 3D em ação.

Primeiro ponto positivo: os óculos são muito leves (a LG fala em 16 gramas de peso) e, como os dois olhos recebem luz simultaneamente, o desconforto visual de assistir 3D por bastante tempo diminui. A LG vai vender os Cinema 3D com quatro pares de óculos na caixa, e pretende manter o preço de óculos avulsos abaixo de R$ 50, caso precise de mais pares ou substituir um quebrado. Além disso, opções coloridas também serão oferecidas.

Assistindo TV, o efeito de tridimensionalidade funciona tanto "para fora" quanto "para dentro", os objetos e cenas pulam de maneira suave para fora da tela ou parecem que estão mais distantes que a própria tela, dependendo como a imagem foi captada ou pós-produzida. A profundidade da imagem 3D - seja vinda de um filme em BluRay, com efeito mais "forte", ou da programação de TV convertida de 2D para 3D de maneira instantânea - é interessante.

Dá a impressão que olhamos para dentro de uma caixa com elementos tridimensionais em seu interior - um ótimo efeito, por sinal. Quando a imagem vem muito para frente, "saindo" da tela, pode ocorrer um efeito incômodo, mas nada que estrague demais a experiência. E, se cansar, basta desligar o 3D e assistir TV do modo normal. Em esportes, por exemplo, 3D faz toda a diferença.

A conclusão do primeiro contato rápido com a LG Cinema 3D é que ela consegue cumprir o que promete. Seus óculos são leves, a tecnologia é mais barata e dá para ver de qualquer ângulo sem problemas (e até deitar no sofá, algo impensável em uma TV 3D de LED com óculos ativos). Com preços menores que um modelo inicial 3D com óculos ativos (R$ 4.199 para a tela de 42 polegadas), a LG acertou em cheio com a Cinema 3D.

Fonte: Terra, www.terra.com.br