LG faz lançamento da TV OLED Gallery que vira quadro em modo stand by;foto

Nova TV OLED LG EA8800 "Gallery" exibe galeria de imagens quando em modo stand by

A LG lançou seu segundo modelo de TV OLED no Brasil nesta última quarta-feira (27), a EA8800 - mais conhecida como ?OLED Gallery?. O grande diferencial da TV é ter sido construída como uma peça tecnológica mas também voltada para a decoração do ambiente, incorporando uma grande moldura em torno do display e removendo a base para que pareça um quadro realmente. Para incrementar ainda mais a ideia, o aparelho tem a opção de entrar no ?Modo Gallery? quando em stand by: uma espécie de slideshow de imagens de pinturas. O televisor chega com preço salgado: R$ 40 mil.


LG lan軋 TV OLED Gallery que vira quadro em modo stand by

A moldura em torno do display, igualmente, tem seus próprios chamativos: nela encontra-se a maior parte do sistema de som do conjunto, que no total soma 100W de potência, e um braço metálico articulado que dá fácil acesso aos conectores da tela. Segundo o gerente geral de TVs da LG Brasil, Renato Almeida, a distribuição da potência de som é pulverizada entre dois subwoofers de 20W e duas caixas de 10W na moldura e mais duas caixas de 20W na TV, o que permite um som alto e com pouco impacto no peso do aparelho ou vibrações de estrutura. Para completar o sistema, uma função chamada ?Virtual Surround Plus? proporciona sonorização especializada ao usuário. O conjunto ao todo pesa 24 kg.

?Quando a gente pensa em televisão, pensamos no aparelho, mas é preciso pensar nela como parte da decoração do ambiente. Por isso, reimaginamos a TV como um quadro - uma galeria, no caso. Há muita gente que não gosta da TV desligada, daquele quadro negro que permanece. Por causa da taxa de contraste infinita, agora podemos simular muito bem uma pintura?, explicou ao TechTudo Sun Ha Park, designer sênior de produtos domésticos da LG. Na opinião dela, a introdução da tecnologia de OLED trará novas possibilidades do uso da televisão, tanto pela imagem mais natural quanto pela possibilidade de curvatura nas telas. "Essa é apenas a primeira ideia que temos?, completou.

Quanto à preocupação de o uso constante da tela diminuir o tempo de vida da TV, Almeida garantiu que a empresa até agora não tem nenhuma evidência nesse sentido. ?Antes de colocarmos esse modelo no mercado, fizemos muitos testes de ?aging? para assegurar que a tela aguentaria o impacto [de ficar ligada o tempo todo]. Não foi apontado nenhum problema de "burn-in" ou morte de "pixels", garantiu, e continuou: ?O que foi apontado, por outro lado, é um aumento no consumo de energia, mas isso é óbvio: a TV fica ligada, vai acabar gastando mais?. Ele não soube precisar se a OLED Gallery entra em modo econômico durante a exibição de imagens em stand by.

No resto, a EA8800 é praticamente idêntica à primeira TV de OLED da LG, a 55EA9800, o TechTudo já realizou review dela, confira. Apesar de não ser curva, a OLED Gallery usa exatamente o mesmo display, com as mesmas entradas, o mesmo desenho, a mesma taxa de contraste infinita, as mesmas 55 polegadas e qualidade de imagem fantástica Full HD. Até mesmo o preço para o mercado brasileiro será o mesmo: R$ 40 mil. Da mesma forma, ela conta com imagens 3D, todos os recursos da linha de Smart TVs da LG e usa o mesmo controle Smart Magic das séries das Smart TVs da companhia. Pode-se dizer que a OLED Gallery é uma reinvenção da Curved OLED.

No Brasil, a "OLED Gallery" começará a ser distribuída em dezembro no sudeste por R$ 40 mil e deve alcançar todo o território nacional já no início de 2014. Ela virá apenas no tamanho de 55 polegadas, acompanhada de 4 óculos 3D e um controle Smart Magic, e terá assistência técnica local.

Fonte: Tech Tudo