Lumia 925, da Nokia, é o melhor aparelho com Windows Phone

Lumia 925, da Nokia, é o melhor aparelho com Windows Phone

Eles são bem parecidos, mas o aparelho atual é muito mais magro e atraente. A redução de medidas é evidente.

O Lumia 925, novo topo de linha da Nokia no Brasil, parece ser o resultado de uma temporada em um spa do Lumia 920, seu antecessor.

Eles são bem parecidos, mas o aparelho atual é muito mais magro e atraente. A redução de medidas é evidente. E não precisa nem pegar na mão para perceber.

O 925 perdeu mais 2 milímetros em relação ao antecessor. Foi de 10,7 milímetros para 8,5 milímetros.

Houve também troca de materiais da carcaça. O plástico reforçado permanece na traseira, mas as laterais ganharam uma armação de alumínio. Tudo isso contribuiu para a redução de peso -de 185 para 139 gramas- e deixou o uso mais confortável.

Com um jeito mais chapado e cantos arredondados, o visual é um dos mais bonitos do mercado -deve atrair aqueles com gosto por um estilo mais sóbrio e industrial. Se você acha o iPhone 5s preto bonito, por exemplo, não há desculpa para torcer o nariz para o Lumia 925.

A tela de Amoled, que substitui o IPS LCD, contribui para a elegância do aparelho. O sistema reforça os pretos, o que casa bem com a interface do Windows Phone.

O lado ruim disso é que ele deixa um tom azulado nos brancos, algo evidente quando a tela não fica posicionada bem de frente para os olhos. Basta inclinar um pouco o telefone para comprometer as cores. Logo, o ângulo de visão não é dos melhores.

Em páginas com fundo branco, as letras deixam uma espécie de rastro quando a tela é movimentada. Fica um pouco mais embaçado para ler, mas não deve incomodar os menos detalhistas.

A resolução da tela é de 1.280 pixels x 768 pixels, abaixo do que já é encontrado em aparelhos como o Galaxy S 4, da Samsung, e o Z1, da Sony. Mas reclame com a Microsoft: o sistema Windows Phone ainda não suporta telas Full HD.

PROCESSAMENTO

Internamente, o Lumia 925 apresenta quase todas as características do seu antecessor. O processador é o Snapdragon S4, da Qualcomm, mais antigo do que o presente em aparelhos como o Galaxy S 4, o Xperia Z1 e o Nexus 5. Isso, porém, não compromete completamente a experiência de uso.

Nos testes, ele apresentou alguns engasgos em jogos mais pesados, como "Six Guns", mas, no geral a resposta para abrir aplicativos e a navegação foram muito boas. Outros momentos de lentidão foram causados por aplicativos mal resolvidos.

O app do Facebook é um exemplo. É preferível usar a rede social no navegador. As notificações (e-mail, Instagram, Facebook) também são mais lentas do que as apresentadas no iPhone e nos aparelhos com Android.

Porém, por R$ 1.499, o Lumia 925 oferece bom custo benefício. É o melhor aparelho com Windows Phone do mercado, sendo um smartphone médio no plano geral.



Fonte: UOL