McAfee lança ferramenta para proteger suas fotos no Facebook

Os usuários poderão fazer upload, compartilhar e ver fotos na plataforma segura.

A McAfee anunciou uma nova ferramenta para os usuários do Facebook, chamada ?McAfee Proteção Social?. O aplicativo, que estará disponível como um beta gratuito para o público no fim de agosto, permite aos usuários compartilhar fotos protegidas com amigos selecionados - e apenas eles.

O conceito por trás da ferramenta é bem simples: apesar de ser possível mudar as configurações de privacidade para manter estranhos longe das fotos em sua página na rede social, não há maneira de fazer isso com os amigos adicionados. Dessa forma, eles podem compartilhar suas imagens onde desejarem.

Por exemplo, se você postar uma foto incriminadora (entenda como preferir...) no Facebook e um de seus amigos compartilhá-la no mural dele, em seguida outras pessoas poderão vê-la. Da mesma forma, se o amigo fizer o download e seu computador ou conta de email forem invadidos, sua foto pode cair em mãos erradas.

A McAfee demonstrou o novo aplicativo em seu escritório de Santa Clara na tarde de quinta-feira (2). Depois de um rápido download e a instalação de um visualizador especial de fotos, os usuários podem fazer upload, compartilhar e ver fotos na plataforma segura. Fotos são criptografadas para que não possam ser copiadas, impressas ou ter prints tiradas delas, e apenas os amigos que você convidar serão capazes de vê-las - todos os outros verão versões embaçadas. As fotos não são hospedadas nos servidores do FB, mas em um servidor seguro da Intel.

Dito isto, claro que ele não é infalível - obviamente, se alguém estiver realmente com intenções de obter a foto, existem soluções alternativas (por exemplo, você poderia simplesmente tirar uma foto da tela com uma câmera física). Mas o app é uma ajuda contra o jeito fácil, o compartilhamento de um clique que às vezes pode fazer fotos comprometedoras se transformarem em um viral.

Claro, no âmbito do ?Proteção Social? para os negócios, as pessoas realmente devem usá-lo. Não é tão simples como fazer upload de fotos diretamente para o Facebook - e a McAfee não mencionou se haverá um componente móvel para o aplicativo - mas o passo extra só deve valer a proteção a mais.

Fonte: Uol-idgnow