Médicos desaconselham cirurgia para aumento peniano

Médicos desaconselham cirurgia para aumento peniano

Pâmela Oliveira

Getty Images

Russo se arrependeu após fazer cirurgia que aumentou seu pênis em 10 centímetrosEnquete

Você faria uma cirurgia para aumentar o tamanho de seu pênis?

Tamanho não é documento, mas quando o tamanho em questão é o do pênis, poucos são os que se contentam com suas medidas, dizem os médicos. Mas um russo exagerou. O homem, de 40 anos, identificado como Konstantin, estava insatisfeito com seus 15 cm e se submeteu a uma cirurgia para que o membro ganhasse mais 10 cm. O novo pênis de 25 cm, no entanto, não levou felicidade ao russo: ele voltou à clínica, em Moscou, querendo que a cirurgia fosse reversivel.

Segundo a agência russa Life, Konstantin, que fez a cirurgia em fevereiro, retornou ao hospital um mês depois e contou aos médicos que a mudança não tinha sido "bem recebida" pelas mulheres. O russo implorou para que a cirurgia fosse revertida - o que só poderá ser feito em 6 ou 8 meses. De acordo com os médicos era necessário um intervalo maior. "Não há um homem que não queira ter um pênis maior do que já tem. O homem mede a masculinidade pelo tamanho e grossura do pênis. Isso é um fato", explica o sexólogo Amaury Mendes Júnior.

A Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) não recomenda cirurgias de aumento peniano. "O padrão do pênis brasileiro é de 13 a 14 cm ereto. Certamente esse paciente não tinha indicação para uma cirurgia", explica o médico Archimedes Nardozza, chefe do departamento de andrologia da SBU.

Micropênis

"As cirurgias são indicadas apenas nos casos em que o homem tem pênis menor do que 7 cm", acrescenta. Segundo a agência de notícias russa, na época da cirurgia os médicos alertaram Konstantin que ele não necessitava fazer a operação porque o tamanho de seu pênis era normal. Mas ele argumentou que não estava satisfeito e queria ter o membro maior.

Archimedes afirma desconhecer um método capaz de aumentar em 10 cm o tamanho do pênis. "As cirurgias conseguem aumentar, no máximo, em 3 cm. Em alguns casos é feita a exteriorização da parte interna do pênis, mas são poucos centímetros. Para homens mais gordos pode ser feita também uma lipoaspiração na região pré-pubiana".

O descontentamento das mulheres que conheceram o novo Konstantin pode ter uma explicação. "A região que dá mais prazer a elas fica a 3 cm da entrada da vagina. Ou seja, ela se adapta a um pênis maior, mas é mais vantagem ter um pênis mais grosso do que maior", alerta Amaury.

Estica e puxa

Além das cirurgias para aumento peniano, homens recorrem a outras técnicas como aparelho de tração e bomba de vácuo (que provoca a dilatação do pênis através da irrigação dos vasos sanguíneos). A SBU, no entanto, alerta que nenhum dos métodos tem comprovação científica. ¿O pênis não é uma sanfona. Tem limite¿, diz Archimedes.

Teimosia

A sexóloga Carmita Abdo afirma que não adianta medir e explicar que o pênis do paciente é normal: o homem que acredita ter necessidade de aumentar o pênis dificilmente vai desistir.

O Dia

© Copyright Editora O Dia S.A. - Para reprodução deste conteúdo, contate a Agência O Dia.

Fonte: Terra, www.terra.com.br