MicroSD que faz criptografia e protege smartphones chega ao BR

MicroSD que faz criptografia e protege smartphones chega ao BR

Ele é um microSD com 2 GB de armazenamento, sendo compatível com qualquer aparelho que tenha entrada para este tipo de cartão de memória.

O TrustChip, chip da empresa KoolSpan capaz de adicionar criptografia a informações de smartphones, chegou ao Brasil. Distribuído pela empresa FGX, ele é um microSD com 2 GB de armazenamento, sendo compatível com qualquer aparelho que tenha entrada para este tipo de cartão de memória. Ele se diferencia de programas de proteção por oferecer a segurança já no próprio hardware do telefone e não via aplicativos.

O TrustChip é um co-processador ARM de criptografia 32-bit, inviolável, que realiza uma criptografia avançada AES 256-bit. Mecanismo de criptografia por hardware-embarcado autossuficiente, o que garante que sua segurança seja obtida no hardware do smartphone.

?O TrustChip está isolado de ameaças de segurança em dispositivos móveis e conectados. Uma vez que a aplicação de segurança reside no próprio chip, e não em software, todas as transações, como uma chamada de voz ou uma transmissão de dados, são codificadas com uma série única e secreta de números?, explica o presidente da FGX, Fábio Guimarães.

Além da segurança nos próprios dispositivos móveis em que é instalado, o TrustChip atua em conjunto com dois aplicativos, TrustCall e TrustText, para garantir proteção nas ligações e mensagens de texto, respectivamente. Eles funcionam com iOS, Android e BlackBerry.

?Quando um telefone com TrustCall chama outro telefone que também utiliza a solução de segurança, os dispositivos, de forma transparente, autenticam-se e conectam-se. Toda a comunicação de voz é então criptografada e enviada por um canal seguro de dados?, diz o site do acessório.

A solução é voltada para o público de negócios, mas também pode ser utilizada pelos usuários comuns. O preço do chip não foi divulgado, nem os seus locais de venda. A FGX, em seu site oficial, pede que os interessados entrem em contato direto com os próprios representantes empresa.

Fonte: Tech Tudo