Microsoft alerta para falha que afeta 900 milhões de usuários

Falha afeta a maneira de o Internet Explorer lidar com arquivos MHTML

A Microsoft emitiu um alerta para uma falha de segurança em todas as versões do Windows, que pode afetar cerca de 900 milhões de usuários do Internet Explorer - já que o defeito aparece na forma como o navegador lida com algumas páginas e documentos web. A falha, considerada muito séria, foi recentemente descoberta e poderia ser explorada por hackers para roubar dados pessoais ou assumir o controle de computadores.

A Microsoft admite a seriedade do problema - o usuário, ao clicar em um link, roda um script malicioso em seu PC e, assim que a máquina é afetada, hackers poderiam roubar dados pessoais - mas diz também que não há evidências de que a vulnerabilidade já tenha sido explorada por criminosos. O problema afeta todas as versões do sistema operacional utilizadas atualmente, incluindo Windows XP (SP3), Windows Vista, Windows 7, Windows Server 2003 e Windows Server 2008 (R2).

A empresa, que trabalha em uma solução para resolver o problema, anunciou um "patch" de segurança, que está disponível no atalho http://tinyurl.com/6kpwn6x e que protege a maneira de o IE lidar com o MHTML.

Os navegadores Firefox, Google Chrome e Safari não são afetados pela ameaça, porque, ao contrário do Internet Explorer, não suportam arquivos MHTML, onde parece residir o problema, segundo o jornal britânico Daily Mail.

Fonte: Terra, www.terra.com.br