Microsoft continua pegando no pé do Google, Chromebook é a bola da vez

Para Microsoft, opção por um "notebook PC" é o melhor custo-benefício, graças ao Windows e ao Office

A Microsoft continua pegando no pé do Google com mais um vídeo integrante da série "Scroogled". Dessa vez, o ataque foi direcionado aos Chromebooks. No vídeo, uma usuária do notebook que roda o sistema Chrome OS tenta penhorar a máquina em troca de uma passagem para Hollywood. Ela acaba sendo ridicularizada pelo funcionário da casa de penhora.


Microsoft continua pegando no pé do Google, Chromebook é a bola da vez

No vídeo, o atendente ridiculariza o Chromebook ao dizer que, quando não está conectado à Internet, ele é ?essencialmente um tijolo?. A alfinetada faz referência ao fato de que o ChromeOS depende de conexão constante com a Internet para oferecer mesmo alguns recursos bem simples. Outra tirada do funcionário afirma que o Chromebook ?não é um laptop de verdade?.

As provocações vão além. Em dado momento, o funcionário aponta para o logo do Chrome na tampa e diz: ?Está vendo isso? Isso significa que não é um verdadeiro laptop. Ele não tem Windows ou Office. Sem W-iFi, não faz nada. E quando você está online, o Google monitora seu uso para poder vender anúncios direcionados à você?.

A provocação faz referência ao fato de que as receitas publicitárias são a principal fonte de renda do Google. O balconista da casa de penhora diz: ?O Google está sempre procurando novas formas de lucrar com suas informações pessoais. O Chromebook apenas faz tudo ser mais fácil para eles?.

O vídeo convida os internautas a acessarem o site da campanha movida pela Microsoft para ?descobrir porque um laptop com Windows é a melhor escolha?.

Fonte: Tech Tudo