Microsoft pode ser multada em R$ 1 milhão por caixa do Windows 8

Empresa terá que modificar a caixa do Windows 8

A Microsoft terá que mudar a embalagem do Windows 8 Pro no Brasil para deixar claro para o consumidor que o produto se trata de uma atualização de software. O Procon de São Paulo obrigou a companhia a informar na frente e na lateral da embalagem do Windows 8 Pro que é necessária uma versão anterior do Windows para a instalação do sistema operacional até 17 de fevereiro. Em caso de descumprimento da medida, a empresa será multada em R$ 1 milhão.


Microsoft pode ser multada em R$ 1 mi por caixa do Windows 8

Segundo o termo de ajustamento de conduta assinado pelo Procon e pela Microsoft, a gigante do doftware também terá que informar no verso da embalagem "informações adicionais no sentido de que se trata de software de atualização e que requer um computador com a versão original do Windows 7, Vista ou XP SP3 já instalada".

Até que a embalagem seja modificada, a Microsoft é obrigada a fornecer suporte aos consumidores por meio do seu call center, revendedores e material de marketing para deixar claro que se trata de uma atualização. O termo diz ainda que a cada reclamação fundamentada de consumidores que não receberm suporte da empresa no upgrade acarretará em uma multa de R$ 2 mil.

Preço

A Microsoft já havia sido notificada pelo Procon em outubro, depois que consumidores compraram a versão de upgrade do Windows 8 por um preço maior que o anunciado pela companhia no lançamento do sistema operacional. A Microsoft havia divulgado o valor de R$ 69 pelo upgrade para a nova versão do Windows, mas quem baixou o programa acabou recebendo uma cobrança de R$ 83,98.

A Microsoft reembolsou os clientes que afetados pela discrepância no preço.

Fonte: Terra, www.terra.com.br