Microsoft usa Siri para comparar iPad a tablet com Windows 8

Microsoft usa Siri para comparar iPad a tablet com Windows 8

Em vídeo, assistente de voz se desculpa por não executar tarefas. Em outra investida, empresa alfinetou o Google em vídeo sobre o Office 365

Depois de alfinetar o Google, a Microsoft agora cutuca a Apple, em mais um vídeo destinado a tentar mostrar as vantagens de seus produtos perante o dos rivais. Dessa vez, em um vídeo de 30 segundo postado nesta quarta-feira (22) no YouTube, a maior empesa de softwares do mundo mirou o iPad, e por tabela sua assistente de voz Siri.

O aparelho é posicionado no canto esquerdo da tela, ao lado do VivoTab Smart, tablet da Asus que roda o sistema operacional da companhia, o Windows 8.

No começo de maio, a Microsoft havia publicado dois vídeos para atacar o Google Docs, e o que chamou de limitações da aplicação, com o intuito de enaltecer o pacote de softwares Office 365. Para isso, comparou a utilização dos serviços do rival a uma aposta ruim e a um jogador de basquete inábil para o esporte.

Na investida contra a Apple, a Microsoft mostra os dois tablets executando as mesmas tarefas utiliza: exibindo a atualização de aplicativos, editando uma apresentação de slides e rodando vídeos ao mesmo tempo simultaneamente a outro aplicativo.

Ao longo da ?competição?, a voz de Siri é ouvida fazendo comentários como: ?Desculpa, eu não atualizo dessa forma?; ?Desculpa, eu só executo uma aplicação de cada vez?; ?Eu acho que Power Point é umas dessas coisas? (veja o vídeo aqui).

A Microsoft criou até um site para comparar o iPad com as linhas de tablets que rodam Windows 8, como o Dell XPS 10, o HP ENVY x2 e o Surface RT.

A provocação no segmento de tablets remonta a eterna disputa entre Apple e Microsoft em computadores.

PC x Mac

A campanha remonta a famosa série de propagandas que mostravam a conversa de dois homens, um representando um PC e outro um Mac, da Apple.

Enquanto o ?descolado? Mac apresentava uma série recursos, era desenvolto e jovem, o ?engravatado? PC era mostrado como uma figura retrógrada.

Fonte: G1