Nerd e sexy vai vender site de tecnologia por R$ 363 milhões

Nerd e sexy vai vender site de tecnologia por R$ 363 milhões

Não bastasse isso, despertou o interesse da gigante de notícias norte-americana CNN,

Era ?algo para fazer, sem sair da cama?, diz Pete Cashmore, 26 anos. Há sete anos, quando começava a blogar sobre redes sociais em seu quarto, na cidade de Banchory, Aberdeenshire (Escócia), Cashmore não imaginava que hoje seria apelidado de o nerd mais sexy do mundo, namoraria uma modelo e se tornaria um milionário.

Assim como Cashmore, de lá pra cá o blog sobre tecnologia criado por ele, Mashable.com, cresceu. Emprega mais de 40 pessoas, tem escritórios em Nova York e São Francisco, nos Estados Unidos, e 50 milhões de page views por mês.

Não bastasse isso, despertou o interesse da gigante de notícias norte-americana CNN, que quer comprar a operação por R$ 363 milhões (cerca de US$ 200 milhões). O negócio foi divulgado pelo blogueiro de tecnologia Felix Salmon. De acordo com Salmon, o acordo pode ser anunciado hoje. Mas, segundo o jornal Daily Mail, fontes ligadas ao assunto disseram que o acordo não deve ser anunciado nesta semana.

A CNN, que é propriedade da Time Warner Inc e foi fundada por Ted Turner em 1980, vem tentando expandir seu negócio digital para competir mais efetivamente na internet, em uma era marcada pelas redes sociais. Em agosto passado, a empresa comprou por R $ 16 milhões o Zite, um aplicativo de notícias para o IPAD, projetado para dar aos usuários uma experiência de revista personalizada. Se a venda acontecer, ela vai fazer de Cashmore, atualmente blogueiro da CNN, mais um milionário do mundo ponto com ? esse nascido fora do chamado Vale do Silício.

Mas nem sempre foi assim. Ainda adolescente, Cashmore foi forçado a passar uma boa quantidade de tempo em casa devido às conseqüências de uma operação de apêndice que fez aos 13 anos. Por conta disso, o blogueiro acabou ficando para trás em seus estudos na escola.

Foi assim que o geek, como ele mesmo se intitula, descobriu a internet, que se tornou uma companhia na cama. Segundo Cashmore, trabalhar no site fazia com que sentisse que estava realmente fazendo algo mesmo estando na cama. A página logo começou a conquistar anunciantes e ele pode contratar outro escritor.

Cashmore, então, decidiu largar a faculdade e decidiu se concentrar no Mashable em tempo integral. Hoje, ele divide seu tempo entre a Escócia e os escritórios do Mashable, nos Estados Unidos. Com sua boa aparência ? ele é apelidado de "Brad Pitt da blogosfera" ? Cashmore figurou na lista das 100 personalidades do ano na Time Magazine, em 2010, e foi eleito uma das 25 celebridades da web pela revista Forbes. Além disso, foi nomeado britânico do ano peloTelegraph, em 2010, e, no ano passado, foi nomeado um jovem líder global pelo World Economic Forum.

Cashmore hoje namora a modelo e fotógrafa Lisa Bettany e divide seu tempo entre a Escócia, San Francisco e Nova York, onde a empresa tem escritórios. Sobre a ascensão do Mashable, Cashmore disse ao jornal canadense Globe and Mail em uma entrevista: ?Não só não tenho ?ligações?, como não estava no Vale do Silício. Mas tinha uma perspectiva de fora, e ela se tornou uma vantagem, porque há um mercado de massa que quer saber como os melhores gadgets são e como usar o Facebook, o Twitter e outros para chegar na frente.?

Com mais de 2,2 milhões seguidores no Twitter, Cashmore diz que não tem aparelho de TV e não assiste a filmes, prefere interagir na internet. Ele lembra que, logo no início, não contou aos seus pais sobre seu site e que só soube de seu sucesso quando um repórter do Daily Mail bateu à porta para uma entrevista.

Segundo a porta-voz da CNN, Christa Robinson, ao comentar a possível compra da Mashable, a empresa ?não se envolve em especulações sobre seus negócios? e não comenta sobre o assunto. O Mashable também não se manifestou sobre o assunto.



Fonte: Época