Novo tablet do Google; Entenda o que melhorou (ou piorou) no Nexus 7; foto

Nexus 7: entenda a evolução do novo tablet do Google

Um novo tablet Nexus 7 foi anunciado pelo Google na última quarta-feira (24). Um ano após seu primeiro tablet de sete polegadas chegar ao mercado, o novo produto trás novidades, especialmente na qualidade do display e em sua velocidade de processamento. Ao que tudo indica, o novo Nexus 7 é o melhor de sua categoria - novamente. Veja a evolução:


Novo tablet do Google; Entenda o que melhorou (ou piorou) no Nexus 7

A diferença mais notável é a tela, que manteve o mesmo tamanho de sete polegadas, mas ganhou um tremendo upgrade de qualidade. Se o primeiro Nexus 7 já tinha um bom display, com 1.200 x 800 pixels de resolução (216 pixels por polegada), o novo Nexus 7 trouxe ao mercado uma tela com 1.920 x 1.200 pixels, ou 323 ppi). Na prática, tal upgrade o faz capaz de reproduzir vídeos em FullHD com todo o seu potencial, além de ultrapassar a marca da famosa "tela Retina" do iPad, que possui 264 pixels por polegada.

A segunda grande mudança é a nova câmera traseira de 5 megapixels, ausente na versão anterior. Este foi um dos componentes mais pedidos pelos usuários, desde o anúncio da primeira versão do tablet. A câmera frontal, além disso, recebeu um upgrade de 1,2 MP para 2 MP.

Ainda em seu exterior, é notável a nova disposição do tablet: seu logotipo, antes na vertical (exaltando o seu uso como um smartphone), agora foi mudado para a horizontal. Isso possibilitou que o Nexus 7 ganhasse um segundo alto-falante, preenchendo as duas laterais e reproduzindo o efeito de áudio estéreo, melhorando a experiência de entretenimento em geral.

Nas dimensões, o novo Nexus também trouxe pequenas melhorias: é 2 mm mais fino e 50 gramas mais leve que seu antecessor.

Google mantém "tradição" de processamento de última geração

Por dentro, o novo Nexus 7 trouxe o que há de melhor no mercado: o processador quad-core Snapdragon S4 Pro de 1,5 GHz, garante uma velocidade oito vezes maior que o Cortex A9 do modelo anterior. Com 2 GB de RAM - o dobro do original - e uma nova GPU Adreno 320, com quatro vezes mais capacidade gráfica do que a placa gráfica da primeira geração; este novo Nexus tem poder de fogo suficientes para rodar seus vídeos FullHD e mais várias outras aplicações em segundo plano sem engasgos.

Nas conectividades, o novo tablet ganhou uma versão com 4G LTE, mas a versão só com Wi-Fi continua à venda. Já o Bluetooth é o mesmo: 4.0, econômico como o seu antecessor.

Foram divulgadas três versões do Nexus 7: duas somente com Wi-Fi, de 16 GB e 32 GB, e uma terceira edição com 4G LTE, de 32 GB. Eles custarão US$ 229, US$ 269 e US$ 329, respectivamente. O aparelho será vendido no Google Play e em 11 redes de lojas dos EUA a partir do dia 30.

Os primeiros países a receber o tablet, depois dos Estados Unidos, serão Reino Unido, Coreia do Sul, Austrália, Espanha, Japão, Alemanha, França e Canadá. Outros terão o aparelho ?em breve?, segundo o Google. Ainda não há previsão da chegada do tablet ao Brasil.

Fonte: Tech Tudo