Panasonic faz recall de 43 mil baterias após incêndios em alguns aparelhos

Os produtos não são novos, já que a falha se deu no processo de fabricação entre abril e julho de 2011.


Panasonic faz recall de 43 mil baterias após incêndios em aparelhos

A Panasonic vai realizar um recall com mais de 43 mil baterias que equipam dois modelos de notebooks e um tablet da marca. O motivo é um defeito que provoca superaquecimento e até incêndio no equipamento ? três desses casos mais extremos já ocorreram, dois no Japão e um na Tailândia.

Em contato com o TechTudo, a assessoria de imprensa da Panasonic Brasil tranquilizou os consumidores brasileiros, já que considera improvável que produtos equipados com as baterias defeituosas (modelo CF-VZSU53AW) estejam sendo usados em solo tupiniquim.

?A Panasonic fez o recall de baterias de lítio ion produzidas em sua fábrica no Japão, lotes usados em apenas duas séries de notebooks (CF-S10 e N10) e no tablet Toughbook PC-H2", informaram. Ainda de acordo com a assessoria da empresa, os primeiros produtos foram comercializados apenas no Japão e o segundo em outros mercados. "Nenhum deles no Brasil?, esclareceram.

Os produtos não são novos, já que a falha se deu no processo de fabricação entre abril e julho de 2011. No entanto, a empresa recomenda que usuários que por ventura tenham um desses dispositivos se dirijam imediatamente a uma assistência técnica da Panasonic para troca do equipamento sem custos ? incluindo improváveis consumidores brasileiros.

Fonte: techtudo