Para deixar preço mais baixo, Google não terá lucro com o Nexus 7

Para deixar preço mais baixo, Google não terá lucro com o Nexus 7

Nexus 7 chega ao mercado norte-americano tendo o diferencial de ser um aparelho com boas especificações e preço bem baixo, de US$ 199

O Google anunciou na última quarta-feira (27) o lançamento do seu próprio modelo de tablet com a marca Nexus. Fabricado em parceria com a Asus, o Nexus 7 chega ao mercado norte-americano tendo o diferencial de ser um aparelho com boas especificações e preço bem baixo, de US$ 199. Mas para chegar a esse valor, o Google teve que fazer um grande sacrifícios: abrir mão de quaisquer lucros que poderia receber com o tablet.

O chairman da Asus, Jonney Shih, declarou que não foi fácil desenvolver o Nexus 7. O desafio proposto pela gigante das buscas era produzir um tablet de alto desempenho por apenas US$ 200. "O que os engenheiros me pediram foi como uma tortura", contou Shih. De acordo com Andy Rubin, chefe do Android, o tablet está sendo vendido pelo Google sem margens de lucro. A estratégia parece semelhante à adotada pela Amazon, que vende o tablet Kindle Fire com preço baixo para lucrar com a venda de conteúdo em sua própria loja.

As especificações do modelo incluem um processador quad-core Nvidia Tegra 3 de 1.3 Ghz, 1 GB de memória RAM, tela de 7 polegadas com resolução de 1280x800 e o mais novo Android 4.1 Jelly Bean.

O Nexus 7 está sendo vendido nos Estados Unidos na Play Store, por US$ 199 (cerca de R$ 416) pela versão de 8 GB e US$ 249 (aproximadamente R$ 520) pela versão com mais armazenamento interno, de 16 GB. Além do preço relativamente baixo, a empresa de Mountain View ainda oferece aos compradores do tablet um cupom de US$ 25 para comprar aplicativos, músicas, filmes e outros tipos de conteúdo na loja virtual Google Play, válido por tempo limitado.

Fonte: Tech Tudo