Passeie por dentro de dez lugares escondidos com o Google Street View

É possível “passear” pelo ambiente, em vez de só ver as imagens em 360 graus; veja lista e descubra lugares.

Conheça lugares sem sair de casa: essa é uma das principais missões do Google Street View , do Google Maps. Nos últimos tempos, os mapas virtuais ficaram cada vez mais ousada com passeios por diversos ambientes internos, além da tradicional navegação pelas ruas de todo o mundo. Selecionamos dez lugares incríveis para visitar pela Internet, de palácios até o fundo do mar. É possível ?passear? pelo ambiente, em vez de só ver as imagens em 360 graus; veja lista e descubra lugares.

1) Rocas Gordon

As Rocas Gordon ficam nas Ilhas de Galápagos. A formação de aguas cristalinas é conhecida em todo o mundo, sendo um ambiente perfeito para passeios de mergulho. Os grandes cardumes são atração. Com o Google Street View é possível mergulhar nesse ambiente pouco alterado pelo homem, sem se molhar. Veja embaixo d?água a variedade da natureza marinha e explorer o fundo do Oceano Pacífico.

2) Submarino HMC Ocelot

Já que estamos debaixo d"água, conhecer um submarino completa o percurso. Localizado em Chatham, no Reino Unido, a estrutura histórica possui motores à diesel e teve sua construção concluída nos anos 60. O Google Street View embarcou no HMC Ocelot para desvendar seu interior para todos na web.

No passeio, o usuário pode ver como funcionam as saídas de emergência, conhecer um pouco do maquinário no interior embarcação, além de ver a sala de motores. Nos anos 90, o submarino passou a integrar as peças do museu Chatham Historic Dockyard, também aberto ao público visitante.

3) Casa Branca

Quer se sentir o próprio presidente dos Estados Unidos? Conheça os salões bem decorados da Casa Branca. Com o Street View, é possível caminhar por diversos ambientes e conhecer um pouquinho mais de um dos núcleos mais importantes da política mundial. O local é uma casa, na qual reside o presidente, escritório de trabalho para assuntos do governo e considerado um monumento americano.

4) Doctor Who (Tardis)

Fãs de Doctor Who podem conhecer a máquina do tempo Tardis por dentro. A novidade foi elaborada pelo Google como mais um ester egg no Google Maps. A famosa nave, disfarçada de cabine telefônica londrina, foi ?escondida? em uma das ruas e chamou a atenção dos internautas que acompanham a série. Afinal, quem não quer entrar nessa aventura junto com o Doctor Who e outros personagens?

5) Minas de sal Wieliczka

As minas de sal Wieliczka ficam na Polônia e foram construídas no século XXIII. O local é referência mundial e mantém uma extensão de aproximadamente 290 quilômetros, estando em uma profundidade de 327 metros. Em seu interior, registrado pelo Google, além dos túneis, há um salão com lustres de cristais e uma capela. Em 2010, a exuberante mina de sal se tornou patrimônio mundial da UNESCO.

6) CERN

A Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (CERN) é um base construída na Suíça. O grande laboratório tem como finalidade pesquisar sobre a estrutura fundamental do universo por meio das partículas. Fundada em 1954, tem como nome oficial "Conseil Européen pour la Recherche Nucléaire".

Com o Google Street View é possível conhecer essa estrutura por dentro, passeio que só seria poderia ser feito com uma autorização especial. Lá dentro há aceleradores de partículas, maquinários e muito mais relacionado com física e tecnologia avançada. Se você se interessa pelos livros de Stephen Hawking e temas como antimatéria e a origem do universo, irá se interessar nesse passeio.

7) Mina de prata Okubo-mabu

Comece uma expedição pela mina de prata centenária Okubo-mabu, localizada no Japão. As minas de prata de Iwami Ginzan foram consideradas como uma das maiores do mundo, durante o século XVI e XVII. Em 1997, o local se tornou patrimônio mundial da UNESCO. O trajeto no Google Street View começa na entrada da mina, e se entende por longos túneis de operários. Entre nessa expedição.

8) Palácio Real de Amsterdã

A construção marca presença na praça Dam, em Amsterdã. A chamativa construção do século XVII teve seu projeto assinado por Jacob van Campen e foi construida para ser sede da prefeitura local.

No entanto, quando o irmão de Napoleão Bonaparte, Louis Bonaparte, tomou posse do local, a estrutura foi nomeada como sua residência oficial. Depois disso, para os representantes da monarquia que estiveram presentes, o Palácio continuou servindo de moradia real. Com o Google Street View é possível conhecer seus salões feitos de mármore e ver detalhes da arquitetura por dentro.

9) Kennedy Space Center - NASA

Ao infinito e além. O Kennedy Space Center, nos Estados Unidos, é um dos centros espaciais da NASA. Com o Google Street View o internauta passeia por diversos ambientes fundamentais para a exploração fora da terra.

Curioso? Então saiba que é possível conhecer desde a Sala de Lançamento, um ambiente de controle para o andamento da missão, até própria plataforma de lançamento vista do chão e do topo, além da casa de máquinas e muito mais.

10) Palácio de Versalhes

Para finalizar, o luxuoso Palácio de Versalhes, na França. Já imaginou conhecer os corredores da "moradia" de Maria Antonieta? Se não dá para pegar um avião até a Europa, pelo menos o internauta não fica de fora dessa bela construção do século XVII. Ambiente que expressa a riqueza e poder da nobreza francesa na época, o Palácio de Versalhes tem uma arquitetura bem chamativa.

Os salões e corredores são decorados desde as paredes douradas até o teto, com pinturas e lustres grandiosos. Vale a pena "caminhar" mesmo que de forma virtual por lá.


Passeie por dentro de dez lugares

Passeie por dentro de dez lugares

Passeie por dentro de dez lugares

Fonte: tech tudo