Paulo Bernardo confirma leilão de 4G no 1º semestre de 2012

Paulo Bernardo confirma leilão de 4G no 1º semestre de 2012

Empresas terão um prazo de 12 meses para a implantação do serviço

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, confirmou a decisão do governo de fazer no primeiro semestre de 2012 o leilão para implantação da tecnologia 4G para os celulares.

Bernardo considera "incompreensível" a demanda das empresas de telefonia de adiar o leilão. Segundo ele, o leilão tem que ser feito no ano que vem para que a nova tecnologia esteja funcionando de maneira satisfatória em 2014 "pelo menos nas 12 cidades sede da Copa".

As empresas ganhadoras terão um prazo de 12 meses para a implantação do serviço. Paulo Bernardo afirmou que o governo já liberou parte da frequência de 2,5 megahertz (MHz) para o leilão de 4G. Antes, a frequência era reservada para TVs por assinatura.

"Eu os vejo falando que querem mais espectro. Acho que, na verdade, as empresas estão querendo se furtar a uma cobrança dura que estamos fazendo de que tem que ter investimentos", disse Bernardo, que participou de evento na Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

Segundo o ministro, com esse leilão "vamos ficar em linha com os países do primeiro mundo, vamos tirar o atraso". Ele acrescenta que a Itália tem um leilão semelhante marcado para outubro.

Paulo Bernardo acredita no interesse das empresas em concorrer no leilão de 2012. "Alguém vai querer. A coisa mais ambicionada pelas empresas de telecomunicação é ter espectro. Eles querem o céu inteiro", afirmou. O governo acredita que o leilão poderá ocorrer até 30 de abril.

Fonte: G1