Piauí é pioneiro em avaliação on-line com o uso do tablet nas escolas

Uma parceria entre a Secretaria de Educação do Estado e o Instituto Qualidade de Ensino vai avaliar o rendimento de alunos nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, utilizando o tablet

O Instituto Qualidade de Ensino (IQE), em parceria com a Secretaria Estadual do Piauí (Seduc), está realizando, entre os dias 11 a 21 deste mês, a primeira avaliação diagnóstica de aprendizagem online, com o uso do tablet, nas escolas de rede estadual de ensino fundamental e médio, que atuam sob o regime de tempo integral no Brasil, e o primeiro estado brasileiro escolhido para que alunos sejam avaliados, foi o Piauí.

A primeira escola a realizar as provas diagnósticas online é a Escola Tecnica Estadual Governador Dirceu Mendes Arcoverde, que funciona em tempo integral. Para o diretor da escola, Jurandir Marques, é um privilégio ser o pioneiro com o uso da tecnologia em avaliação dagnóstica e diz ainda que os alunos estão ansiosos com as provas.

“Estamos nos sentindo privilegiados com essa iniciativa. Os alunos estão bastante ansiosos, curiosos e participativos.

Foram avisados que iriam fazer a avaliação e já estavam aguardando, com grande expectativa”, afirma o diretor da escola.

Segundo José Gayoso, Relações Institucionais do IQE, a escolha do estado do Piauí para realizar, pela primeira vez, a avaliação diagnóstica on-line se deu pelas várias parcerias firmadas com o ensino público no Estado. “O IQE, apesar da sede ser em São Paulo, tem uma ligação histórica muito grande com o Piauí. Temos parcerias em vários projetos desenvolvidos no estado, tanto em âmbito estadual quanto na rede municipal, desde 2006. O projeto, pioneiro, sem dúvidas vai proporcionar um ganho no processo de ensino e aprendizagem. Sem esquecer de dizer que o nosso presidente executivo é do Piauí e eu também tenho sangue piauiense”, revela José Gayoso.

A iniciativa propõe um processo de avaliação em que não se empregue o manuseio de prova impressa em papel durante a realização das provas, utilizando como ferramenta o tablet. O tempo de realização do exame será de uma hora e alunos poderão ler e responder as 21 questões de múltipla escolha das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática.

Método ajuda a obter resultado mais rápido

De acordo com Denis da Silva, analista de tecnologia do IQE, o objetivo da prova on-line é diagnosticar, de forma rápida, o conhecimento dos alunos, analisar o tablet como ferramenta pedagógica e ainda evitar gastos demasiados de papel.

“O objetivo desta prova online é diagnosticar, em um curto tempo, o estado atual dos alunos e também saber se o tablet pode ser efetivamente usado como ferramenta pedagógica. O ganho está na velocidade de processamento das respostas, sem contar que não utilizaremos a impressão, em vista da natureza”, explica o analista de tecnologia.

Para Denis da Silva, mesmo com o uso tecnológico na avaliação, a ideia é que haja autonomia tanto de alunos quanto de professores durante a aplicação.

“A nossa ideia é que eles sejam autônomos, que consigam fazer a prova sem nenhum tipo de ajuda. E que também o professor consiga, caso necessário, auxiliar alunos que tenham dificuldades durante a aplicação da prova. E com os resultados, ver como foi o desempenho e se a tecnologia impactou em alguma dificuldade ou não na realização da prova”, avalia Denis da Silva.

O Piauí terá a participação de 14 escolas estaduais no processo avaliativo, que corresponde a 1.239 alunos que irão realizar as provas.

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Márcia Gabriele