Saiba como comprar ou vender um iPhone ou iPad usado

Venda seu dispositivo usado antes que o iPhone 5 e o iPad 4 cheguem ao Brasil.

Quer trocar seu iPhone ou iPad antigo por um novo neste Natal? Ou está à procura por um dispositivo usado da Apple? Essa é uma boa época para comprar e vender "iGadgets" seminovos na Internet. Porém, diversos usuários têm dúvidas sobre qual valor cobrar pelos produtos iOS e onde anunciá-los. Veja as principais informações que você precisa para trocar o seu smartphone ou tablet.

Preço

O iPhone 5 e o iPad 4 já foram homologados pela Anatel e chegarão às prateleiras nos próximos dias. O smartphone, inclusive, já teve sua data de lançamento confirmada para o próximo dia 14. Enquanto isso, a expectativa é de que o tablet da Apple comece a ser vendido até o Natal. Portanto, essa é a melhor hora de colocar seus gadgets à venda, já que a chegada de novos aparelhos desvaloriza os antigos.

Um smartphone ou tablet tem queda de, em média, 25% do seu preço inicial ao ano. Entretanto, esse índice pode aumentar ou diminuir de acordo com o estado de conservação do aparelho. Por exemplo, um smartphone arranhado poderá ser vendido por um preço maior se o dano estiver localizado no corpo do aparelho, mas a tela estiver intacta.

Da mesma forma, o valor do seu gadget cairá bastante caso apresente defeitos em uma das funcionalidades, como conexões Wi-Fi ou Bluetooth. O mesmo pode ser aplicado aos acessórios originais que acompanham o produto. Ou seja, quanto mais seu smartphone ou tablet estiver conservado, maior será o valor cobrado por ele.

iPhone

A versão mais recente do smartphone da Apple vendida no Brasil é o iPhone 4S. Portanto, os donos desse modelo são os que tendem a conseguir as melhores ofertas, mas isso deve mudar com a chegada do iPhone 5. Da mesma forma, a desvalorização das gerações anteriores é correspondente ao tempo de lançamento das mesmas em comparação ao modelo mais recente.

iPad

As regras para quem deseja comprar ou vender um iPad são as mesmas que se aplicam ao iPhone. Dessa forma, o iPad 3 e as gerações anteriores devem se desvalorizar com a chegada do iPad 4. O iPad Mini, entretanto, não deve influenciar no preço dos demais tablets, já que se trata de um produto de uma categoria diferente.

As recomendações para quem deseja comprar um iPad usado também são as mesmas para quem está de olho em um smartphone. Com o lançamento do iPad 4, o modelo mais antigo a receber atualizações do iOS será o iPad 2. Dessa forma, pense bem antes de comprar a primeira geração do aparelho, pois, além de ser um produto com hardware defasado, ele não receberá novos updates e melhorias da fabricante.

Fonte: tech tudo