Sandy foi tema em mais de 20 milhões de mensagens no Twitter

Sandy foi tema em mais de 20 milhões de mensagens no Twitter

Site de microblogagem funcionou bem apesar do pico de acessos

Usuários do Twitter transmitiram mais de 20 milhões de mensagens sobre a tempestade Sandy, que assolou a Costa Leste dos EUA nesta semana, segundo a empresa responsável pelo serviço de microblogs.

O volume supera de longe os 13,7 milhões de "tuítes" por ocasião do Super Bowl (final do campeonato de futebol americano), em fevereiro, que geralmente é o maior evento midiático do ano nos EUA.

Fundado em 2006, o Twitter busca se posicionar como um produto de mídia de "segunda tela", com o qual os usuários possam comentar via seus smartphones o que veem na televisão, em eventos como o Super Bowl ou a Olimpíada.

Mas o serviço tem brilhado também como um canal de comunicações durante grandes desastres, como já havia ocorrido depois do tsunami de 2011 no Japão.

O Twitter, que é suscetível a eventuais quedas no serviço, funcionou sem problemas nesta semana, servindo às vezes como fonte vital de informação para moradores aflitos das áreas atingidas.

O número de acessos dos usuários de Nova York à sua página principal do Twitter a partir de aparelhos móveis atingiu seu pico por volta de 21h de segunda-feira (hora local), mais ou menos o horário da explosão de um transformador da empresa Consolidated Edison que derrubou a energia em grande parte de Manhattan. Sem citar cifras, a empresa disse que o acesso chegou a ser mais do que o dobro do total nos dois dias anteriores.

A conta de 20 milhões de tuítes leva em conta mensagens que tivessem as palavras ou "hashtags" (etiquetas de assunto) "Sandy" e "hurricane" (furacão, em inglês).

Fonte: G1