Sensor transforma iPad em um scanner que capta imagens em 3D

Sensor transforma iPad em um scanner que capta imagens em 3D

Empresa conseguiu quatro vezes o financiamento inicial em um dia só

Um aparelho transforma o iPad em sensor para captar imagens em 3D com todas as características e dimensões. A criadora do mecanismo o inscreveu nesta terça-feira (17) no site de financiamento coletivo Kickstarter e já recebeu quase três vezes o valor requerido inicialmente, de US$ 100 mil. A 43 dias do fim do prazo, a Occipital já havia arrecadado US$ 386 mil até a publicação dessa reportagem.

Segundo a companhia, com o dispositivo que levou 18 meses para ser criado é possível captar modelos em 3D de objetos e pessoas, que podem ser usados em programas de modelagem gráfica ou por impressoras 3D.

No vídeo de apresentação, a Occipital mostra algumas utilidades para o aparelho, como recriar em poucos segundos uma sala em 3D na tela do iPad, para facilitar o trabalho de um arquiteto.

Como é possível captar as dimensões de um determinado objeto e compartilhá-lo com qualquer pessoa no mundo, é possível ser utilizado por decoradores em busca de uma mobília perfeita. A companhia sugere ainda que o mecanismo pode ajudar desenvolvedores a criar games que interajam com o ambiente.

Para captar as formas de objetos, as lâmpadas de LED emitem um facho de luz infravermelho e o software do aparelho os reconstroem em três dimensões na tela do iPad. Para transmitir os dados, o sensor deve ser conectado ao tablet por meio do conector Lightning.

Por isso, apesar de a companhia ainda não ter desenvolvido um desses aparelhos para outro dispositivo, é possível utilizá-lo em qualquer aparelho possua essa entrada, como iPads mini, iPhones 5, iPhones 5C e iPhones 5S.

Para fazer as captações das imagens, o aparelho deve estar a 40 centímetros de distância do objeto e a no máximo a 3,5 metros dele. Além disso, funciona por até quatro horas sem carregar.

Segundo a Occipital, a fabricação dos sensores começará em novembro e a entrega dos aparelhos às pessoas que doaram dinheiro via Kickstarter começará em dezembro de 2014. Até agora 1.075 já contribuíram.

Fonte: G1