Smartphone chinês Oppo N1 vem com inédita "câmera giratória"; saiba mais

O Oppo N1 possui câmera giratória de 13 megapixels e processador Snapdragon 600

O smartphone N1 com inédita câmera giratória, fabricado pela empresa chinesa Oppo, foi apresentado nesta segunda-feira (23). A companhia, que agora está sob a direção do brasileiro Hugo Barra, desenvolveu o gadget com uma lente traseira que se transforma em câmera frontal.


Smartphone chinês Oppo N1 vem com inédita

O N1 traz uma câmera de 13 megapixels, desenvolvida em parceria com a japonesa Fujitsu, que possui sensor CMOS, estabilização ótica e abertura de medida f/2.0. O smartphone chinês é o primeiro Android a oferecer uma lente com seis peças, que permite girar a câmera até 206 graus, podendo fotografar também de forma frontal. A Oppo informou que o mecanismo passou por testes de resistência, sendo manuseado mais de 100.000 vezes: isso significa que o dispositivo, mesmo fazendo o mesmo movimento 40 vezes por dia, durante 7 anos, continuará funcionando.

O gadget deve ganhar ainda módulos adicionais para sua câmera digital, assim como o QX10 e QX100 da Sony, desenvolvidos para a linha Xperia. Para completar as configurações, a Oppo não fez por menos e colocou um bom hardware no seu novo top de linha: o smartphone conta com o processador Snapdragon 600 (o mesmo do Galaxy S4) e 2 GB de memória RAM. Ele virá equipado ainda com uma tela Full HD de 5,9 polegadas, com toque super sensível.

O Oppo N1 chega ao mercado chinês em outubro, custando US$ 571 (cerca de R$ 1250 em conversão direta), no entanto, não houve comentários sobre a comercialização mundial do aparelho. Assim como os demais smartphones da Oppo, o modelo não deve chegar ao Brasil.

Fonte: Tech Tudo