Smartphones da LG e Samsung misturam celulares e tablets; foto

As fabricantes disfarçadamente não definem a categoria a qual pertencem esses aparelhos.

Quando o iPad foi lançado, lá em 2010, o apelido que ganhou na época foi ?iPhone de Itu? (cidade paulista conhecida pelos objetos grandes). Talvez a expressão possa ser reavivada agora para falar de uma nova geração de dispositivos híbridos, menores que o iPad. Esses ?smartphones de Itu?, que misturam características de celular e tablet, foram um dos destaques do evento Mobile World Congress, em Barcelona.



As fabricantes disfarçadamente não definem a categoria a qual pertencem esses aparelhos. O marketing da Samsung até questiona: ?Telefone? Tablet? É o Galaxy Note!? Esses aparelhos têm telas sensíveis ao toque com cerca de 5 polegadas (a título de comparação, o iPhone 4S tem 3,5 polegadas e o iPad, 9,7).

O primeiro a ser lançado foi o Samsung Galaxy Note, de 5,3 polegadas, já vendido nos Estados Unidos ? o lançamento na Europa está previsto para abril. No estande da empresa no Mobile World Congress, ele não estava junto aos displays de smartphones, mas sim dos tablets.

De fato, é difícil imaginar levar um dispositivo desse tamanho à orelha (olha o mico) para fazer uma ligação. Ao ser segurado com apenas uma mão (que no caso da repórter, é pequena), o polegar nem alcança o primeiro ícone da barra inferior. Então, convenhamos: se não dá para usar com uma mão só, não é smartphone: é tablet.

O dispositivo da Samsung é ótimo justamente para acessar a internet; vem ainda com uma caneta especial (S Pen) para que você escreva e solte a criatividade desenhando no aplicativo S Note.



LG

Exatamente com cinco polegadas, o LG Optimus Vu, segundo a companhia, é um ?smartphone com as facilidades de um tablet?. Bem como o concorrente Galaxy Note, usa processador dual core e também pode ser usado com uma caneta especial. Pois é, ?quanta? diferença.

O aplicativo de notas do LG é o Notebook, que também fica posicionado na barra inferior de acesso rápido. Ah, e a câmera, como no da Samsung, tem 8 megapixels. Ambos usam Android Gingerbread. E por aí vai a incrível semelhança.

Como tablets e smartphones são dispositivos (bem) caros no Brasil, investir em um aparelho híbrido desses não é má ideia. Nos Estados Unidos, o Galaxy Note é vendido por cerca de US$ 629; a LG ainda não divulgou o preço do Vu, que chegará ao mercado em meados do segundo trimestre.

Em tempo: se comprar um dispositivo desses e quiser fazer uma ligação mais discretamente, existem dispositivos com ou sem fio que deixam livres as mãos do usuário dos tablets. Ou smartphones, como queira.

Fonte: UOL