Smartphone vai poder ser controlados com apertões,diz patente da Samsung

Próximo Galaxy pode ser controlado por apertos do usuário

A Samsung pode lançar novos produtos da linha Galaxy totalmente flexíveis e controlados por apertões do usuário. É o que mostra uma patente da empresa sul-coreana registrada nos Estados Unidos na última semana. A novidade não serviria somente para dar comandos no próprio smartphone e tablet, mas também para interagir com smart TV e outros dispositivos.

O conjunto de patentes registradas abrange diversos dispositivos móveis da empresa. Entre eles, destacam-se os smartphones, que poderiam disparar ações como a rolagem de tela ou reproduzir músicas e vídeos com apertões. Já os donos de uma smart TV, por exemplo, poderiam usar o seu Galaxy para aumentar e diminuir volume, trocar de canal ou navegar pela Web. Esses dispositivos reconheceriam o passar de dedos do usuário em seu corpo para executar algo.

Outro registro da Samsung diz respeito ao uso do corpo de seus gadgets para controlar jogos. Neste caso, o Galaxy flexível poderia executar comandos no game como andar para esquerda ou direita através de puxões em suas laterais. Ou seja, bastaria esticar a borda do seu smartphone ou tablet na direção que deseja movimentar seu personagem ou tela.

Por fim, as ideias da sul-coreana abrangem também seus smartwatches. A última patente mostra ainda um bracelete, que pode ser tanto um relógio como uma pulseira inteligente, cuja o corpo é revestido por uma tela totalmente flexível. Neste caso, o usuário poderia interagir com notificações, por exemplo, empurrando a janela de alerta, esmagando o dispositivo ou através de toques.

Apesar dos registros da Samsung, é preciso destacar que uma patente não significa que o produto já está pronto para chegar às lojas. No entanto, como o pedido foi feito no último trimestre de 2012, é possível que o desenvolvimento de um Galaxy flexível já esteja em fases mais avançadas. A expectativa é que a novidade possa chegar em smartphones, tablets, players de música, PDAs ou até mesmo em um GPS.

Fonte: Tech Tudo