Twitter e Facebook causam prejuízo de US$ 2,3 bilhões

A pesquisa ainda informa que mais de 75% das empresas não possuem uma política de uso

A perda de produtividade dos trabalhadores que acessam redes sociais, como o Twitter e o Facebook, causa um prejuízo anual de US$ 2,3 bilhões no Reino Unido, afirma pesquisa. Cerca de 57% dos 1.460 trabalhadores entrevistados no levantamento afirmaram acessar esses sites durante o horário de trabalho. O tempo médio gasto nas redes sociais é de 40 minutos por semana, o que, em um ano, é equivalente a uma semana inteira de trabalho.

A pesquisa ainda informa que mais de 75% das empresas não possuem uma política de uso de redes sociais definida. A companhia de tecnologia da informação Morse, que encomendou a pesquisa, destacou que é um risco para a reputação das empresas não definir essas políticas. Grandes companhias experimentam danos à imagem quando funcionários publicam informações de assuntos delicados ou depreciativos na internet.

Cerca de 30% dos trabalhadores afirmam já ter visto esse tipo de informação publicada em redes sociais, mas 84% afirmam que a decisão sobre o que publicar na web é deles, não das empresas.

Fonte: Época