Vício em iPad de britânica de 4 anos faz pais buscarem ajuda psiquiátrica

A criança, que não teve a identidade revelada, usa o tablet da Apple desde os três anos de idade.

Uma menina de 4 anos, moradora da região sudeste do Reino Unido, se tornou uma das pacientes mais jovens a ser tratada no país contra o vício em usar o iPad. Segundo informações do "Daily Mail", a garota está fazendo tratamento psiquiátrico em uma clínica na capital do país.

A criança, que não teve a identidade revelada, usa o tablet da Apple desde os três anos de idade. De acordo com os médicos, o vício é ligado aos jogos existentes no tablet -- a menina apresenta sintomas de abstinência quando o aparelho é tirado dela.

Richard Graham, da clínica Capio Nightingale, em Londres, é um dos psiquiatras que trata do caso, afirma que muitos outros casos envolvendo crianças viciadas em tablets estão ocorrendo no país. A recomendação do psiquiatra aos pais da menina foi a de que eles tratassem do problema antes que ela chegasse aos 11 anos de idade ? o vício poderia ser tão grave que ela necessitaria de internação.

"Não deixe o seu iPad por aí, porque se fizer isso e a criança ver todas aquelas cores bonitas, elas vão querer usar também", alerta Graham.

Os sintomas do vício em tablets em crianças, segundo Graham, podem ser observados quando o aparelho é tirado delas, fazendo-as reagir com birras e comportamento incontrolável.

Outros pacientes viciados em tablets tratados por ele recebem aconselhamento online e via Facebook. O valor cobrado para a "desintoxicação tecnológica" é de 16 mil libras (cerca de R$ 46 mil).

Fonte: UOL