Videogame portátil Game Boy, feito pela Nintendo, faz 25 anos

Videogame portátil Game Boy, feito pela Nintendo, faz 25 anos

Game Boy concorreu com Game Gear, da Sega; Lynx e TurboExpress

O Game Boy, videogame da Nintendo que dominou quase totalmente o mercado de aparelhos portáteis, completa 25 anos de seu lançamento no Japão nesta segunda-feira (21). Ele foi desenvolvido por uma equipe liderada pelos engenheiros Gunpei Yokoi e Satoru Okada.

Mesmo após um quarto de século e o fim de sua fabricação em março de 2003, o Game Boy continua sendo o terceiro videogame mais vendido da história, com mais de 118 milhões de unidades de sua primeira versão e da posterior, com tela colorida, comercializadas no mundo todo.

Apesar de ser tecnologicamente inferior, o videogame de 8-bits da Nintendo conseguiu se impor com enorme diferença em relação a outros três videogames portáteis: o Game Gear, da Sega; o TurboExpress, da Nec; e o Lynx, da Atari.

O preço competitivo, a leveza, o consumo mais baixo de bateria e a longa lista de títulos de qualidade fizeram com que o Game Boy se transformasse em sinônimo de portátil.

Jogos bem-sucedidos como "Super Mario Land" e "Tetris" foram lançados simultaneamente e contribuíram para o esgotamento, em duas semanas, das primeiras 300 mil unidades no Japão e para as vendas de 40 mil aparelhos em apenas um dia nos Estados Unidos, onde começou a ser comercializado em julho de 1989.

Embora o Game Boy tenha sido um dos maiores sucessos comerciais da Nintendo, a empresa japonesa não preparou nenhum tipo de evento e nem sequer se pronunciou sobre a data.

Alguns jogos do portátil ainda podem ser adquiridos e jogados por meio da loja virtual do também portátil Nintendo 3DS.

Fonte: G1