WhatsApp chega a 1 bilhão de usuários e atinge meta de Zuckerberg

O diretor executivo conseguiu aquilo pelo que pagou.

whatsapp chega a 1 bilhão de usuários (Crédito: Divulgação)
whatsapp chega a 1 bilhão de usuários (Crédito: Divulgação)


A justificativa de Mark Zuckerberg, criador do Facebook, era simples quando concordou em pagar US$ 19 bilhões para comprar o WhatsApp em fevereiro de 2014: o serviço de mensagens chegaria a 1 bilhão de usuários e se tornaria essencial para uma considerável parcela da população mundial. O diretor executivo conseguiu aquilo pelo que pagou.

A empresa mais do que dobrou o número de usuários desde a aquisição pelo Facebook e, nesta segunda-feira, alcançou o marco de 1 bilhão. Mas a companhia apenas começou a pensar sobre o próximo passo: fazer dinheiro.

O serviço de mensagem instantânea, que acabou custando US$ 22 bilhões por causa do preço da ação do Facebook na época em que o negócio foi fechado, registrava US$ 10,2 milhões em receita no ano anterior à compra, segundo documentos regulatórios. Tal valor vinha principalmente da cobrança de US$ 0,99 de assinatura após um ano de uso do aplicativo — taxa que foi extinta pelo Facebook em janeiro.A empresa ainda está experimentando como fazer dinheiro a partir do WhatsApp, afirmou o diretor financeiro do Facebook, David Wehner, na semana passada.

A companhia tem bastante tempo para descobrir: na semana passada, os resultados financeiros indicaram 52% de ganho em vendas, para US$ 5,8 bilhões no quatro trimestre de 2018, ultrapassando as estimativas de analistas. Mais de 1,59 bilhão de usuários acessam o Facebook por mês.Zuckerberg já deu algumas dicas sobre os planos para o WhatsApp em uma ligação para investidores.

O aplicativo de mensagem pode vir a gerar lucro a partir da ligação entre usuários e empresas, afirmou o CEO. Há muito tempo, o WhatsApp evita a idéia de lucrar com publicidade ou jogos como outros aplicativos populares.“Nossa missão nunca mudou”, informou a empresa nesta segunda-feira em uma publicação na internet. “O WhatsApp começou com uma simples ideia: garantir que qualquer um pudesse manter contato com a família e o amigos em qualquer lugar do planeta, sem custos ou artifícios no caminho”.

Fonte: O Globo