Yahoo se une à Microsoft em buscas na Web

O acordo prevê que os sites de busca do Yahoo vão utilizar a ferramenta de busca Bing, da Microsoft

A Microsoft e o Yahoo anunciaram nesta quarta-feira (29) um acordo para concorrer com o Google em pesquisas na internet, prevendo associar a tecnologia Microsoft à força de venda publicitária do Yahoo.

"Como esse acordo, vamos inovar nas buscas, gerar mais valor para os anunciantes e alternativas para o usuário em um mercado dominado por uma única companhia", disse o diretor-executivo da Microsoft, Steve Ballmer, referindo-se à concorrência com o Google.

O acordo prevê que os sites de busca do Yahoo vão utilizar a ferramenta de busca Bing, da Microsoft. O Yahoo, por sua vez, vai administrar as vendas em publicidade on-line. O comunicado oficial afirma que a parceria não vai afetar outros serviços das empresas, como e-mail, comunicadores instantâneos e produtos.

Apostando no Bing

A parceria será válida por 10 anos, com implementação total prevista para um prazo de dois anos após aprovaçaõ dos órgãos responsáveis. As empresas também afirmam que o acordo vai limitar ao "mínimo necessário" o compartilhamento de dados de usuários, em nome da privacidade.

Com esse acordo, o buscador Bing, da Microsoft, pode ter um crescimento repentino no mercado dominado pelo Google. A gigante da internet é responsável por 65% das buscas realizadas na internet nos Estados Unidos, contra 19,6% do Yahoo e 8,4% da Microsoft, segundo a ComScore.

Em 2008, a Microsoft tentou comprar o Yahoo, mas sua oferta de US$ 47,5 bilhões foi recusada. Na sequência, o líder de buscas na internet, Google, também tentou fechar negócios com o Yahoo, mas o acordo não foi aprovado por órgãos reguladores.

Fonte: g1, www.g1.com.br