1,3 mil aprovados serão chamados, diz Leopoldino

1,3 mil aprovados serão chamados, diz Leopoldino

Sobre o concurso público, a homologação foi feita nesta segunda-feira (07)



" Trabalhar com saúde é uma coisa muito séria e envolve muitos gastos ", assim definiu o presidente da Fundação Municipal de Saúde, Pedro Leopoldino na tarde desta quarta-feira(09) ao meionorte.com. Segundo ele, Teresina paga um preço muito alto por ser uma cidade considerada excelência em saúde e por oferecer serviços considerados exclusivos em saúde.

Ele informou que são mais de 6 milhões de atendimentos anuais pelo SUS em Teresina, o que significa uma média de 870 mil atendimentos por mês. " São muitos atendimentos e isso implica em uma sobrecarga nos principais hospitais, principalmente no HUT", disse ele. Leopoldino falou que o HU (Hospital Universitário), irá funcionar com próprios funcionários que serão selecionados por concurso e que a FMS vai colaborar com alguns serviços.

Sobre o concurso público, a homologação foi feita nesta segunda-feira (07) e será publicado no Diário Oficial ainda nesta semana, logo em seguida, os aprovados serão chamados para ocupar os seus cargos.

" Estamos substituindo a força de trabalho que estava irregular. Serviço prestado na Fundação Municipal de Saúde, nunca mais", declarou Pedro.

Inicialmente devem ser convocadas 1.391 pessoas, de acordo com ordem de classificação, para substituir os prestadores de serviço de diversas áreas.

Fonte: Marcos Moraes