Treinamento de médicos formados no exterior começa hoje no Brasil com aulas de português

Treinamento de médicos formados no exterior começa hoje no Brasil com aulas de português

Profissional tem de ser aprovado para trabalhar no Mais Médicos

Começa nesta segunda-feira (26) o módulo de "acolhimento e avaliação" dos profissionais estrangeiros brasileiros formados no exterior inscritos no programa Mais Médicos.

Durante três semanas, os médicos terão seus conhecimentos em saúde pública brasileira e língua portuguesa avaliados. A aprovação nesta etapa é condição para que recebam o registro profissional provisório e comecem a atender a população nos municípios para os quais foram designados.

Às 10h30, está prevista a abertura dos trabalhos pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Os profissionais habilitados no exterior começaram a chegar para o Mais Médicos na sexta-feira (23) em Brasília e outras sete capitais de estados.

Ao todo, devem chegar ao Brasil nesta primeira leva, ao longo dos próximos dias, 244 profissionais formados no exterior, sendo 99 de nacionalidade brasileira e 145 estrangeiros. Além desse grupo, já chegara mais de 300 dos 4 mil médicos cubanos que o governo contratou por meio de convênio com a Organização Panamericana de Saúde (Opas).

Curso

O módulo terá 120 horas de aulas expositivas, oficinas e simulações de consultas. Também haverá aulas de língua portuguesa e avaliações para testar a comunicação dos médicos. Depois de avaliados, os profissionais receberão um registro profissional provisório, restrito à atenção básica e às regiões onde serão alocados pelo programa do governo federal.

No primeiro mês de seleção, 1.096 profissionais com diplomas do Brasil e 244 formados no exterior confirmaram sua participação no Mais Médicos. Eles estão distribuídos em 516 municípios e 15 distritos sonitários indígenas. Ao todo, 3.511 cidades solicitaram 15.450 profissionais.

Fonte: Globo.com