Botijão explode em residência e mata três crianças na zona Norte de Teresina

Botijão explode em residência e mata três crianças na zona Norte de Teresina

A causa das mortes só podem ser reveladas depois da conclusão da perícia feita no local

Uma tragédia ocorrida por volta das 8h40, de ontem, na Rua Bahia, nº 1313, no bairro Pirajá, na zona Norte de Teresina, provocou a morte de três crianças. As menores Taís Cristina da Silva Andrade, de 6 anos, Ana Maysa da Silva Andrade, de 2 anos e Elaine Karine da Silva Andrade, de 11 meses, foram vítimas da explosão de um botijão de gás, e morrerem, segundo relatos dos policiais que estavam no local, e das primeiras informações dos peritos, por asfixia, causada pela fumaça.

O 1º Tenente do 9º Batalhão da Polícia Militar(BPM), Aristóteles, ao chegar ao local a polícia encontrou os corpos das duas meninas, mais velhas, no banheiro, juntamente com a mãe, Gleyciane da Silva Andrade, ainda viva e da criança de 11 meses, que estava deitada em um berço, também ainda com vida. O tenente disse que a causa das mortes só poderiam ser reveladas, depois da conclusão da perícia feita no local.

Mas o vizinho e amigo das vítimas, Marcos Honorato Sousa, conta que estava dormindo e acordou com o barulho de uma explosão. Ele, o avô das meninas e outros vizinhos, arrombaram a porta da frente da casa, apenas um quitinete, quando encontraram a criança de 11 meses no berço, e as duas mais velhas,juntamente com a mãe, no chão, no chão do banheiro.

Marcos comentou que existia um utensílio(papeiro) com água, no fogão, o que leva a crer que devido a um suposto vazamento de gás, o botijão teria explodido e incendiado a kitinete. Um dos policias que estavam no local, e que teve acesso á casa, disse que os  poucos móveis, um fogão, um pequeno armário, uma cama e redes, foram queimados pelo fogaréu. Os corpos das três crianças, foram levados para o Instituto de Medicina Legal (IML) para exame cadavérico.









Fonte: Lindalva Miranda