Treze mil crianças devem ser vacinadas contra Hepatite A pela FMS em THE

Treze mil crianças devem ser vacinadas contra Hepatite A pela FMS em THE

Treze mil crianças devem ser vacinadas contra Hepatite A pela FMS em THE

Cerca de 13.813 crianças de 1 a 1 ano e 11 meses devem ser vacinadas contra hepatite A em Teresina, pela Fundação Municipal de Saúde, em um período de um ano. A vacinação começou dia 18 deste mês, depois que o Ministério da Saúde incluiu a imunização contra a doença no calendário nacional de vacinação no último mês de julho. Ao todo, 2.170 doses da vacina estão estocadas na Central Municipal de Rede Frio e a quantidade de vacinas é sempre renovada à medida que se torna necessário.

De acordo com o presidente da Fundação Municipal de Saúde, Luiz Lobão, o estoque é suficiente para atender o público-alvo da capital e há um plano para repor as vacinas em 104 salas de vacinação do município caso a procura em determinada área seja maior. “Nós montamos um plano de reposição de vacinas, quando o estoque de cada sala estiver acabando, os responsáveis irão avisar a Central. Algumas áreas têm maior procura que outras, por conta da quantidade de pessoas nessa região, por isso, até os agentes estão em maior quantidade nesses locais”, revela. O presidente ressalta que a vacina é de fundamental importância para as crianças dessa faixa etária, por estarem mais propensas à contaminação. “O Ministério da Saúde colocou a vacinação da hepatite A no calendário de vacinação, justamente para prevenir a doença nessas crianças que convivem em lugares onde não há um saneamento básico adequando, como no nosso Estado”, completa Lobão.

A transmissão do vírus da hepatite A é feita pela ingestão de alimentos e/ou água contaminados com fezes provenientes de eliminadores do vírus. Locais sem saneamento básico têm alta prevalência da doença, ao mesmo tempo, a falta de higiene pessoal também propicia a transmissão do vírus. A Fundação Municipal de Saúde alerta que, ao levar a criança para ser imunizada contra a hepatite A é necessário apresentar o cartão de vacinação e a vacina estará disponível durante todo o ano.

Fonte: Virgínia Santos e Rhauan Macedo