Tuberculose: 848 novos casos no PI

Em 2011, o Piauí diagnosticou 848 novos casos de tuberculose, ocupando o último lugar da região Nordeste e a 21º posição entre os Estados da Federação

Em 2011, o Piauí diagnosticou 848 novos casos de tuberculose, ocupando o último lugar da região Nordeste e a 21º posição entre os Estados da Federação.

O Brasil apresentou uma incidência de 36,0/100.000 hab ocupando a posição de 17º entre os 22 países que detêm o maior número de casos de tuberculose. Os dados são do Sistema de Informações Agravos e Notificações do Ministério da Saúde.

Com relação aos outros indicadores epidemiológicos da tuberculose, no mesmo ano, o Piauí atingiu 64,15% de cura, e para que esse índice seja ainda maior, a Secretaria de Estado da Saúde do Piauí realizará o III Seminário Estadual de Tuberculose.

O evento acontecerá no dia 26 de março de 2013 no Centro de Formação Odilon Nunes, na capital Teresina. A data do Seminário é comemorativa ao Dia Mundial de Luta Contra a Tuberculose, celebrada no dia 24 de março.

Todos os municípios foram convocados a participar. Cada um terá disponível até duas vagas, que devem sem preenchidas por profissionais de saúde e/ou multiplicadores de informação no município.

O Programa Nacional de Controle da Tuberculose possui como meta curar 85% dos doentes, diminuir para menos de 5% a taxa de abandono e evitar o surgimento de bacilos resistentes, além de possibilitar um efetivo controle da tuberculose no país.

A estratégia recomendada pela Organização Mundial de Saúde envolve componentes que abrangem acesso aos exames laboratoriais, aquisição e distribuição regular de medicamentos e insumos, e sistema de registro e informação confiável para o monitoramento dos resultados e tratamento direto observado.

A tuberculose é uma doença infecto-contagiosa que se propaga pelo ar por meio de gotículas expelidas por um doente ao tossir, espirrar ou mesmo ao falar em voz alta.

Entretanto, é uma doença com até 100% de cura, desde que sejam obedecidos os princípios básicos da terapia à base de medicamentos por, no mínimo, 6 meses e a adequada operacionalização do tratamento. A realização do Seminário elaborado pela Sesapi segue esses princípios.

O Seminário terá início às 8 da manhã. O Centro de Formação Odilon Nunes fica localizado na Rua Magalhães Filho, S/N bairro Marquês, zona Norte de Teresina.

Os municípios devem confirmar inscrição até o dia 25/03. Para mais informações, sobre o Seminário, os interessados devem procurar a coordenação estadual de doenças transmissíveis através do número (086) 3216 3663 ou através do e-mail [email protected]

Fonte: Jornal Meio Norte