Namorado de morta por tubarão: "Última mensagem foi eu te amo"

Namorado de morta por tubarão: "Última mensagem foi eu te amo"

Bruna morreu no dia 22 de julho, após ataque de animal na praia da Boa Viagem

O namorado de Bruna da Silva Gobbi, morta após um ataque de tubarão na praia da Boa Viagem, em Recife (PE), diz que a última mensagem que trocou com a jovem foi um ?eu te amo?. Gabriel de Abreu se relacionava com Bruna há oito meses. Eles se conheceram na escola e já tinham planos de casamento.

? Ela escreveu eu te amo na areia da praia e me mandou. Foi a última coisa que falamos. Nós estávamos sempre bem. Nossa relação era uma coisa encantadora. Ela será sempre meu amor eterno.

Gabriel diz que os dois pretendiam abrir uma conta poupança para guardarem fundos para uma casa. Além do casamento, Bruna também tinha o sonho de ser aeromoça, mas ainda não tinha condições financeiras para isso. O jovem trabalha em uma gráfica e afirma que agora tentará retomar a vida. Ele tem a mesma idade de Bruna.

? Infelizmente eu tenho que seguir a minha vida, mas não consigo achar explicação para uma fatalidade como essa. Todos nós temos sonhos e a Bruna teve os dela interrompido. Não será aeromoça e nem nos casaremos. É uma fatalidade que arrasou nossas vidas.

Bruna teve uma perna amputada e estava internada respirando com a ajudar de aparelhos, mas acabou não resistindo e morreu durante após três paradas cardíacas no dia 22 de julho.

O corpo foi sepultado na quarta-feira (24) na cidade de Escada, onde vive a família de Bruna. Ela estava em Recife visitando a avó e deveria voltar para São Paulo no dia em que foi enterrada.

O Corpo de Bombeiros informou que alertou a família da jovem sobre os riscos de nadar naquela região, conhecida pelos ataques, mas que os banhistas se negaram a sair do mar. Um vídeo mostra o momento em que a turista foi atacada. A garota, que é de São Paulo, aparece próxima da faixa de areia. Testemunhas disseram que ela tomava banho com água na altura da cintura. Em outro momento, uma mancha vermelha de sangue é vista no mar e em pouco tempo, uma moto aquática dos bombeiros chega até ela para o socorro.

Desde 1992, foram registrados 59 casos de ataque de tubarão no litoral da capital pernambucana e Grande Recife. Deste total, 24 banhistas morreram. Segundo o Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões, em junho, foi registrada uma morte em Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife.

Fonte: r7