União de casal gay hindu vai fazer você acreditar novamente no amor

O casal planeja fazer duas festas de casamento no ano que vem

John McCane e seu futuro marido, Salaphaty Rao, vivem em lados opostos do mundo – McCane em Peebles, Estados Unidos, e Rao em Melbourne, Austrália. Contra todas as probabilidades, suas crenças (e o Facebook) uniram essas almas gêmeas. Este ano, os dois celebraram essa incrível história de amor – com uma grande cerimônia hinduísta de noivado. Mas, antes disso, muita coisa teve de acontecer.

Um dos aspectos da religião que o atraíram foi como as escrituras tem um histórico de aceitação da fluidez dos gêneros. Apesar de a Índia ainda ter um longo caminho político e cultural pela frente no que diz respeito aos direitos da população LGBT, escrituras antigas contam histórias de deuses que mudaram de gênero, deuses que vestiam roupas do sexo oposto, deuses filhos de dois homens ou duas mulheres e deuses que pertencem ao “terceiro sexo”.

“Para mim, o cristianismo parecia alienante... especialmente morando numa região conservadora, era muito difícil me conectar com ele”, disse McCane ao The Huffington Post. “Mas a fluidez de gênero [do hinduísmo] era absolutamente maravilhosa e realmente me conquistou.”

Ele acabou se mudando para a Índia, onde começou a estudar para ser pastor da tradição Sri Vaishnava, uma das denominações do hinduísmo. Quando voltou para os Estados Unidos, McCane abriu um espaço de culto em sua casa, sonhando em um dia construir um templo.

Do outro lado do mundo, Rao vivia a sua jornada espiritual. Nascido na Malásia de uma família indiana, Rao, 23, também seguia a tradição Sri Vaishnava. Ele se mudou para Melbourne para fazer faculdade e, segundo McCane, se envolveu com a comunidade hinduísta da cidade, realizando cerimônias rituais nas casas das pessoas.

Rao começou a se conectar com outros integrantes da comunidade LGBT por intermédio de um grupo do Facebook para hindus – o mesmo grupo do qual participava McCane. Certo dia, o americano postou um link que despertou o interesse de Rao, e os dois começaram a conversar.

“Na primeira vez, conversamos oito horas e meia sem parar”, disse McCane ao The Huffington Post. “Foi uma ligação incrível.” Eles se conheceram pessoalmente na Índia, em 2013, e decidiram fazer uma viagem de trem juntos para mostrar seus lugares favoritos do país.

“Quando finalmente nos encontramos, foi incrível, renovador”, disse McCane. “Houve alguns momentos horríveis, quando ele ficou muito doente e tive de cuidar dele, e outras pequenas aventuras. Nos ajudou a crescer juntos. [No final da viagem], a ligação era forte o suficiente para tentarmos um relacionamento à distância.”

Em meados do ano passado, Rao pediu McCane em casamento durante uma viagem aos Estados Unidos. O casal queria se certificar de que a família de Rao pudesse participar da celebração.

Então, em fevereiro deste ano, a família de Rao fez uma grande festa de noivado para os dois. Como eles não encontraram um padre para realizar a cerimônia, o próprio Rao a conduziu. McCane diz que ficou “abismado” com o apoio recebido pelos parentes e amigos de Rao.

“A família dele se envolveu e apoiou completamente, dos avós, com 70 e 80 anos, às famílias de meia idade, pois todos o amam muito”, diz McCane.

O casal planeja fazer duas festas de casamento no ano que vem – uma nos Estados Unidos e uma em Melbourne ou na Índia. McCane espera que Rao possa se mudar para os Estados Unidos, para que eles possam morar no mesmo continente pela primeira vez.

Não importa o que venha pela frente para os dois, McCane diz que ele e seu futuro marido dividem o mesmo sonho – abrir um templo e ashram eco-sustentável que acolha pessoas de todas as crenças, orientações sexuais e expressões de gênero.

Veja abaixo mais fotos da cerimônia de noivado:


Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do Brasil Post