UPA do Promorar deverá atender cerca de 350 pacientes por dia

Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Promorar já está 80% pronta.

Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Promorar já está 80% pronta. A expectativa é de que a obra seja finalizada no início de 2016 e ela atenderá aos casos de urgência e emergência da zona sul, num trabalho em conjunto com o Hospital do Promorar e com o Hospital de Urgência de Teresina. Durante visita à obra, na manhã desta quarta-feira (21), o prefeito Firmino Filho comentou a importância dessa UPA para o atendimento de pacientes da zona sul.

Image title

"Melhora significativamente o atendimento de urgência e emergência. Vão ser ofertadas 350 consultas diárias e isso vai desafogar os hospitais da região. Partindo da UPA do Promorar, temos a referência que é do Hospital do Promorar, que fica com hospital de retaguarda, assim como o próprio HUT, que fica aqui na região sul. Então, haverá um processo de fortalecimento da urgência nessa região", declarou o prefeito.

No total, serão 23 leitos, sendo 15 de observação, seis de estabilização (semi-intensivos) e dois de isolamento. A obra possui 2.349 mil metros quadrados em dois pavimentos de área construída e, depois de concluída. O investimento é de R$ 4,172 milhões, sendo R$ 2.576,235 de recursos federais e R$ 1.596.408,69 em recursos próprios do município. A UPA também contará com salas de curativo e inalação, consultório de odontologia, além de enfermarias masculinas, femininas e pediátricas.

Durante a visita, o prefeito foi acompanhado do superintendente da SDU Sul, Cleto Baratta, e do superintendente executivo, Paulo Roberto. Cleto confirmou a expectativa para a entrega. "A UPA do Promorar está com 80% de sua construção pronta. É uma unidade importante de retaguarda do hospital, que vai requalificar os serviços de pronto atendimento das pessoas. De maneira que essa é uma obra importantíssima para o conjunto de bairros dessa região. A expectativa da entrega é entre fevereiro e março do próximo ano. Mas no momento toda parte de revestimentos, instalações elétricas e hidrossanitárias já está sendo feito. Depois tem a parte de refrigeração. Isso tudo deverá estar devidamente equacionado até janeiro", disse o superintendente.

O grupo, acompanhado de lideranças comunitárias, visitou também obras de reformas em praças da região sul, como a Praça Comunitária São Sebastião, no bairro Monte Castelo; a Praça do João Emílio Falcão, onde está sendo construída uma quadra esportiva e sendo instalada iluminação; a Praça Madre Savina Petrilli, cujo investimento é de R$ 240.518,96; e a Praça Vereador Humberto Coelho, onde as equipes trabalham na recuperação do piso, jardinagem, iluminação e a área de manobra de ambulâncias da Unidade Básica de Saúde que fica localizada em frente a praça. 

Ao todo, estão sendo investidos cerca de R$ 500 mil. Para dona Maria Hilda de Almeida, morando há 46 anos nas proximidades da Praça do Monte Castelo, a reforma do local trará de volta as crianças. "Aqui tem muitas crianças que moram perto e a praça, que é muito antiga, não tinha como a gente ficar aqui. Mas depois que terminar a obra vai ficar muito boa", afirmou.

Firmino Filho também conferiu o andamento de obras de calçamento no Parque Eliane. A avenida São José está passando por um trabalho de pavimentação em paralelepípedo e tratamento especial para que possa receber as linhas de ônibus que servem a população do bairro. Essas vias são importantes porque fazem a ligação do Parque Eliane com a Vila Irmã Dulce. Também serão pavimentadas as ruas Gavínea e ruas A e D. Há projeto ainda para a construção de um campo de futebol e de uma creche berçário.  

Fonte: Assessoria