Vacinação contra a Febre Aftosa segue até o fim de maio no Piauí

Meta é vacinar 1 milhão e 700 mil cabeças de gado

A campanha de vacinação contra a febre aftosa no Piauí teve início no dia 1 de maio e segue até o fim do mês. Além da imunização contra a aftosa, os criadores estão tendo que vacinar os bovinos contra a brucelose.

A Agência de Defesa Agropecuária do Piauí está orientando os criadores sobre a obrigatoriedade da imunização do rebanho para que o estado se mantenha fora da área de risco da aftosa. Além disso, somente com o certificado de vacina a guia de trânsito animal é emitida, que autoriza a comercialização dos animais fora do Piauí. 

"O criador tem que declarar. Ele vacinou, pega a nota fiscal e se dirige até os escritórios da Adapi e vai declarar a vacina. Somente assim, a Adapi tem certeza que esse animal foi vacinado", explicou Simone Lima, veterinária da Agência de Defesa Agropecuária do Piauí.

No Piauí, este ano, a meta é vacinar 1 milhão e 700 mil cabeças de gado. 






Fonte: Portal Meio Norte