Vereador é agredido em Câmara Municipal

Manifestantes que exigiam investigações contra o prefeito foram expulsos do prédio

O vereador Romildo Santos (PSDB) foi agredido na quinta-feira (29) na saída da sessão da Câmara Municipal de Guarulhos, na Grande São Paulo.

Segundo informações da própria Câmara, o tumulto começou durante a sessão, quando militantes e vereadores petistas que apoiam o prefeito Sebastião Almeida (PT) se desentenderam com um grupo de dez jovens que pede investigação sobre possíveis irregularidades administrativas cometidas pelo chefe do Executivo municipal.

Devido ao tumulto causado dentro do plenário, os jovens foram expulsos do local, mas a confusão continuou do lado de fora da Casa. A sessão de hoje realizada na Câmara teve de ser encerrada, sendo que o vereador foi agredido no momento em que deixava o prédio. A partir das 14h30 da sexta-feira (30), haverá sessão especial para analisar o relatório que pede o arquivamento das denúncias sobre Almeida.

Fonte: R7, www.r7.com