Vereador levanta carro de ciclovia e ataca dono: 'Muito folgado'

Mohai é hexacampeão brasileiro de strongman

Image title


O empresário e vereador Marcos Mohai, de 38 anos, está acostumado a tirar veículos pesados do lugar com sua própria força. Quando se deparou com um Fiat Uno em uma ciclovia na Zona Sul de São Paulo, não teve dúvida: levantou o carro pelo para-choque e liberou a via. O feito foi filmado e o vídeo tornou-se um sucesso no YouTube e nas redes sociais. “Nunca vi uma pessoa tão folgada”, afirmou.

Considerado o homem mais forte do Brasil, Mohai é hexacampeão brasileiro de strongman, esporte em que o atleta levanta diversos tipos de peso, como pneus de trator, troncos, pedras e veículos.

Ele participou de vários programas de TV divulgando a modalidade e, além disso, é vereador da Câmara Municipal de Peruíbe, no litoral, pelo PSDC.

Em entrevista, Mohai disse que o episódio envolvendo o Uno aconteceu há três semanas, em um domingo, quando pedalava com amigos em uma ciclovia perto da Assembleia Legislativa, a poucos quarteirões do Parque Ibirapuera.

“Eu vi um pessoal reclamando da situação. Vi o veículo no meio da ciclovia e todo mundo revoltado.”O atleta contou que, antes de tirar o carro, que pesa um pouco mais de 800 kg, perguntou se alguém conhecia o dono do veículo. “Ninguém sabia. Então, levantei a traseira e tirei do caminho. O para-choque acabou saindo do lugar.”

A atitude foi celebrada pelos demais ciclistas, que aplaudiram. Apesar de já ter movido diversos tipos de veículos (o maior deles um caminhão de 57 toneladas), ele disse que nunca pensou que precisaria retirar um carro de uma via de ciclistas. “Muito folgado”, afirmou sobre o dono do veículo.

Questionado se o vídeo foi feito para alguma propaganda, ele negou. "Depois de retirar é que eu vi que estavam filmando. Isso foi promovido por uma pessoa com celular amador."

Testemunhas

Gabriela Gomes vende lanches na região do Parque Ibirapuera aos fins de semana e presenciou a ação desde o início. Ela chegou a avisar o motorista do Uno que o carro estava parado na ciclovia. “A gente pediu para ele sair, mas ele decidiu deixar em cima da faixa mesmo. Achei estranho, todo mundo em São Paulo sabe que não pode parar.”

De acordo com a vendedora, o motorista era um homem jovem, com menos de 30 anos, que seguiu sozinho em direção ao Ibirapuera.Pouco tempo depois, Mohai se aproximou e parou em frente ao carro.

Segundo Gabriela, ele perguntou aos clientes que comiam ali se o carro era de um deles. Depois, começou a remover o carro. “Tinham mais de dez pessoas assistindo. Os ciclistas apoiaram, gritaram ‘a cidade é nossa!’, mas alguns clientes ficaram assustados. Outros disseram que, se o carro fosse deles, iriam atrás do homem”, contou a vendedora.

Gabriela estranhou, porém, a reação do dono do carro quando retornou. “Tomou um susto, mas não perguntou nada para ninguém. Guardou o para-choque no porta-malas. Não teve reação nenhuma, como se nada tivesse acontecido.”


Image title

Image title

Fonte: G1