Vereadora denuncia situação de abandono na Maternidade

Vereadora denuncia situação de abandono na Maternidade

Registros feitos pela vereadora Teresa Brito (PV) dão indícios de que a situação é de total abandono, neste final de semana.

Paredes, teto e janelas, tanto das enfermarias quanto dos banheiros da maternidade Evangelina Rosa estão comprometidos. Registros feitos pela vereadora Teresa Brito (PV) dão indícios de que a situação é de total abandono, neste final de semana.

Além da estrutura física precária, a falta de organização do hospital vem permitindo com que lixeiras e equipamentos em desuso fiquem expostos nos corredores próximos às enfermarias, o que coloca em risco a saúde das mães e dos recém-nascidos por causa da possibilidade de infecções.

?A situação está precária, principalmente em relação à higiene nos banheiros, uma situação totalmente insalubre. Esses banheiros as mães e as crianças tomam banho. Eu não entendi como o gestor deixou aquele hospital chegar àquela situação?, disse Teresa Brito.

A vereadora conversou com pacientes e familiares e teve a sua visão reforçada pela opinião de cada um. A população, segundo ela, se sente refém de um atendimento precário, onde a maior parte dos atendimentos são feitos por acadêmicos de medicina e não por médicos e obstetras.

A vereadora afirma ainda que vai encaminhar o relatório para a Vigilância Sanitária e para o Ministério Público o mais rápido possível. ?Amanhã nós vamos cobrar da Vigilância Sanitária uma fiscalização urgente e cobrar do Ministério Público uma providência em relação a este caso.?

A assessoria de imprensa da Maternidade Evangelina Rosa afirmou que desconhece a situação de precariedade dos banheiros e da estrutura física do prédio apresentada na reportagem da Rede Meio Norte e que nesta terça-feira, 22, vai se certificar da situação para então se pronunciar.

Fonte: Denison Duarte