Vias podem sofrer intervenções para eliminar congestionamento

O problema está no intenso congestionamento

Quem precisa acessar as proximidades do Centro Cívico, localizado no Centro/Norte da capital, já deve ter percebido o transtorno que é passar por esta área, principalmente em horário de pico. O problema está no intenso congestionamento, causado pelo grande fluxo de veículos em um espaço reduzido.

Outro transtorno encontrado na região é a falta de estacionamento, o que faz com que trabalhadores das sedes do Tribunal de Justiça, Tribunal Regional Eleitoral, Assembleia Legislativa, Câmara Municipal, Fórum e Ordem dos Advogados do Brasil estacionem os seus veículos de maneira inadequada, tumultuando mais ainda as vias.

Para solucionar tais problemáticas, que a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) elaborou estratégias de mobilidade urbana na área.

José Falcão, diretor de Trânsito e Sistema Viário da Strans, explicou que as ruas localizadas nas proximidades do Centro Cívico foram alvos de análises para a elaboração de um projeto que dará maior fluidez na região. “O projeto foi elaborado para organizar melhor o trânsito na região do Centro Cívico.

Não será apenas uma medida. Serão várias ações de melhorias”, garante.

Segundo José Falcão, entre as melhorias está a implantação de um binário que vai atingir a Avenida Marechal Castelo Branco e as Ruas Tibério Nunes e Mato Grosso.

Além disso, a Marechal Castelo Branco passará por intervenções estruturais, o que vai viabilizar a criação de novas vagas de estacionamento e ainda proporcionar o alargamento das vias. O diretor de Trânsito e Sistema Viário da Strans explica que essas medidas suprem as necessidades atuais da região.

“Serão soluções paliativas, já que a quantidade de funcionários em órgãos do Centro Cívico só aumenta e, consequentemente, a disputa por vaga também.

Todo esse congestionamento bate de frente com o crescimento de veículos na capital. Os dados do Denatran demonstram que Teresina já conta com 410 mil veículos”, esclarece.

O diretor José Falcão aponta ainda que outra medida a ser adotada serão melhorias voltadas para o transporte coletivo. “As pessoas estão deixando de usar o transporte coletivo, devido à precariedade na estrutura. Estamos buscando medidas que possibilitem ao passageiro, mais conforto”.

O projeto que visa melhorar a circulação de veículos nas ruas próximas ao Centro Cívico está em fase de captação de recurso para a obra. Após o resultado da licitação, será inciada a implantação das ações. Até o momento, não há previsão para que o projeto seja posto em prática.

Fonte: Virgínia Santos e Márcia Gabriele