Vice-prefeito e mais 7 são resgatados após ponte desabar

Vice-prefeito e mais 7 são resgatados após ponte desabar

Segundo a corporação, oito pessoas que estavam sobre a estrutura foram resgatadas

A Polícia Militar de Agudo, no Rio Grande do Sul, afirmou que o vice prefeito da cidade, Hilberto Boeck, foi resgatado após uma ponte sobre o rio Jacuí, no limite com o município de Restinga Seca, desabar na manhã desta terça-feira. De acordo com a corporação, Boeck se segurava a galhos de árvore para não ser levado pela correnteza. A PM afirma que ele tinha apenas escoriações e foi liberado após ser levado a um posto de saúde.

Segundo a corporação, oito pessoas que estavam sobre a estrutura foram resgatadas, além de outras sete que não teriam relação direta com a queda da ponte, como moradores de áreas ribeirinhas atingidas pela cheia do rio. Os Bombeiros de Santa Cruz do Sul afirmam que haveria de 20 a 30 pessoas sobre a ponte no momento do desabamento.

De acordo com o capitão Henrique, da Defesa Civil, os resgatados estavam agarradas em galhos de árvores do lado de Agudo do limite. O oficial afirma que mais de 100 homens da Polícia Militar, Força Aérea e Defesa Civil trabalham nos resgates. Capitão Henrique diz também que entre 80 m e 100 m da ponte desabaram no rio. De acordo com o oficial, nenhuma morte foi confirmada.

Os Bombeiros de Santa Cruz do Sul afirmam também que dois helicópteros - um da Base Aérea de Santa Maria (RS) e outro da Polícia Militar - foram encaminhados para auxiliar no resgate. Equipes de Porto Alegre e da região de Agudo trabalham no local.

A prefeitura de Agudo está cadastrando o nome de pessoas que estariam desaparecidas após o desabamento da ponte.

Fonte: Terra, www.terra.com.br