Viciado em crack procura Delegacia de Entorpecentes em busca de tratamento

Viciado em crack procura Delegacia de Entorpecentes em busca de tratamento

Além de outras perdas, ele ficou sem o respeito da família e dos amigos

?Eu não aguento mais morar na rua?, com esta frase, o usuário de drogas, identificado por Roberto, 23, decidiu espontaneamente procurar a Delegacia de Entorpecentes no Conjunto Saci, em Teresina, para dizer que está precisando de tratamento.

Além de outras perdas, ele diz que ficou sem o respeito da família e dos amigos. Ele lamenta não ter mais o carinho da filha de apenas 3 anos de idade.

Sua atitude foi inesperada ao procurar o delegado Williame Morais, da Delegacia de Entorpecentes. "Eu vim procurar o delegado porque não aguento mais essa vida de drogas, não aguento mais o crack e nem morar na rua."

Roberto, que também faz trabalhos de capinas e de servente de pedreiro, mora nas ruas da zona sul de Teresina e se alimenta quando consegue um trabalho. A maior parte do tempo, a vítima passa fome. ?Quando não encontro nada eu durmo sem comer?

As pedras de crack, segundo ele, são obtidas muito facilmente. ?O que eu quero do delegado é que ele me ajude a mudar de vida. Eu tenho mãe, tenho pai, padrasto, filha, ex-mulher, tenho todos que deixei para trás?, encerra.

Fonte: Denison Duarte