Vítimas são enterradas e polícias do PI e MA procuram suspeito

Chacina aconteceu na madrugada de domingo em Madeiro, Norte do PI.

Foram enterradas, na manhã desta terça-feira (06/10), três mulheres vítimas da Chacina em Madeiro, região Norte do Piauí, Teresinha de Jesus Pereira Sousa, de 32 anos de idade, a irmã dela Francisca das Chagas dos Santos Pereira, de 21 anos, e a avó das duas,  Maria França, de 73 anos.

O corpo da quarta vítima, identificada como Francisco de Assis, de 42 anos, foi levado para cidade de Esperantina. O enterro das três mulheres foi acompanhado por uma multidão composta de amigos e familiares. O acusado de ter cometido o crime, que é ex-marido de uma das vítimas, segue sendo procurado pelas polícias do Piauí e Maranhão.

O comandante de policiamento do interior, coronel Paulo de Tarso, informou que pelo menos 20 homens estão trabalhando em diligências para capturar o suspeito que foi visto cerca de 10 km do local do crime. 

Image title

O velório

Irmãs e avó foram veladas juntas, no terreiro de umbanda, onde aconteceu o crime. A quarta vítima foi velada em Esperantina. José dos Santos, filho de Maria das Graças e pai de Teresinha e Francisca, afirmou que a espera pela liberação dos corpos durou cerca de 12 horas.

Perícia afirma que vítimas não foram degoladas e ex-mulher do acusado teve mão decepada. A perita responsável pelo caso concedeu entrevista exclusiva ao Programa Agora e esclareceu que nenhuma das vítimas foi degolada, conforme divulgado previamente.

“Foram achados corpos de três mulheres sendo uma idosa e de um homem. O homem e a senhora foram mortos por objeto contuso, uma estada. As outras duas mulheres, as irmãs foram mortas com arma branca. Nenhuma pessoa foi delegada, apenas a ex-mulher teve a mãe decepada. Elas tinham muitas perfurações. A ex-esposa teve a mão cortada, mas toda a dinâmica do crime, como tudo se deu será divulgado com resultado dos exames”, disse Julieta Castelo Branco.

Image title

O crime

De acordo com informações de populares, a chacina aconteceu por volta das 4h da madrugada deste domingo (04/10) quando um homem de nome Manoel Lenílson dos Santos Sousa teria invadido uma residência na localidade Pote Seco, na zona rural do município, e assassinado a facadas e pauladas a ex-mulher, uma ex-cunhada, a avó das duas irmãs e um homem que também estava no local.Segundo a Polícia Civil, a residência era utilizada como um “terreiro de umbanda”.

O acusado teria esperado uma sessão religiosa encerrar, para iniciar a matar as vítimas. A ordem dos assassinatos e a dinâmica da chacina ainda não foram divulgadas pela perícia. A ex-mulher do assassino identificada como Teresinha de Jesus Pereira Sousa, de 32 anos de idade, a irmã dela Francisca das Chagas dos Santos Pereira, de 21 anos, e a avó das duas de nome Maria França, de 73 anos, foram assassinadas a facadas.

Image title



Fonte: Portal Meio Norte