Volkswagen revive a Kombi em Genebra com protótipo elétrico

Volkswagen revive a Kombi em Genebra com protótipo elétrico

O modelo é uma evolução do protótipo Microbus, apresentado em 2001

Ainda simpática e pintada tradicionalmente de duas cores, a Kombi volta ao mundo automobilístico com ares e tecnologia modernos. A Volkswagen apresentará nesta terça-feira (1º) no Salão de Genebra o protótipo Bulli (como era chama a Kombi na Alemanha). O modelo é uma evolução do protótipo Microbus, apresentado em 2001, e traz uma nova visão da Volkswagen para o transporte de passageiros. A começar por se tratar de um veículo elétrico.

A van oferece seis lugares e mede 3,99 m de comprimento, 2,62 m de distância entreeixos, 1,75 m de largura e 1,70 m de altura. Assim, para o transporte de carga são oferecidos 370 litros, mas com os bancos rebatidos a capacidade pode aumentar para 1.600 litros, com espaço para objetos de até 1,80 m.

No entanto, o principal diferencial é o motor elétrico dianteiro, que gera o equivalente a 115 cavalos de potência e 26,51 kgfm. A aceleração de 0 a 100 km/h acontece em 11,5 segundos. O propulsor é alimentado por baterias de íon-lítio, que garantem autonomia de 300 quilômetros. A velocidade máxima é de 140 km/h. O protótipo possibilita modificações para o modelo ser equipado com motores a gasolina e a diesel, ambos com injeção direta de combustível.

Por se tratar de um carro elétrico, a alavanca do câmbio foi substituída por botões para as escolhas das marchas.

No design, a Volkswagen investiu no charme das antigas Kombis e trouxe acabamento mais refinado com as rodas de 18 polegadas, cobertas por elegantes calotas cromadas. A frente tem o tradicional recorte em ?V? e faróis e grades estreitas.

Dentro da ideia de revolucionar o conceito de veículos para transporte coletivo, a Volkswagen investiu em tecnologia : o console central abriga um iPad que funciona como tela touch screen, que traz entretenimento, como áudio e internet, e GPS.







Fonte: g1, www.g1.com.br