W. Dias cria comissão para Algodões

A Comissão constituída por este decreto será coordenada pelo diretor-geral do Idepi, Norbelino Carvalho

O governador Wellington Dias, através do decreto nº 13.681, determinou a criação de uma Comissão para apurar as causas e responsabilidades do rompimento da Barragem Algodões I, situada no município de Cocal.

A comissão deve ser composta pelo diretor do Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi), Norberlino Carvalho; secretário de Infraestrutura, Avelino Neiva; presidente da Empresa de Gestão de Recursos do Piauí (Emgerpi), Lucile Moura; secretário de Defesa Civil, Fernando Monteiro; secretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Dalton Macambira; comandante do Corpo de Bombeiros Militar, Cel. Francisco Barbosa; secretário de Segurança Pública, Robert Rios Magalhães; ou representantes indicados por eles.

O decreto estabelece ainda que deverão ser convidados para compor a Comissão, representantes das seguintes entidades: Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Piauí (Crea-PI), Sindicato dos Engenheiros do Piauí (Senge), 2º Batalhão de Engenharia de Construção (2º BEC), Universidade Federal do Piauí (UFPI), Departmento Nacional de Obras Contra as Secas no Estado do Piauí (Dnocs), além de outros técnicos especializados a critério da Comissão.

A Comissão constituída por este decreto será coordenada pelo diretor-geral do Idepi, Norbelino Carvalho, que encaminhará no prazo de dois dias, a contar da publicação deste decreto, os nomes e qualificações dos componentes da Comissão.

Esta, por sua vez, terá o prazo de 30 dias para concluir os trabalhos, apresentando relatório conclusivo.

Fonte: CCOM, www.pi.gov.br