Wilson Martins autoriza usina que vai atender 32 cidades do Estado do Piauí

Wilson Martins autoriza usina que vai atender 32 cidades do Estado do Piauí

Governador assinou protocolo de intenções para a instalação da usina de tratamento de resíduos sólidos

O governador Wilson Martins assinou ontem, em Picos, o protocolo de intenções para a instalação da usina de tratamento de resíduos sólidos na cidade. O projeto piloto, localizado no Território do Vale do Guaribas, é uma parceria do Governo do Estado com a Prefeitura de Picos.

A iniciativa envolve a construção de uma usina de tratamento de resíduos sólidos e geração de bioenergia, além da capacitação de catadores cooperados para a reciclagem. O investimento é estimado em R$ 12 milhões.

Wilson afirmou que o objetivo do projeto é dar correta destinação aos resíduos sólidos e assegurar a geração de emprego e renda na região. ?A obrigação sobre o tratamento do lixo é de responsabilidade dos municípios, cabendo ao Estado disciplinar esta política, mas o nosso Governo está ajudando as prefeituras neste processo com essa parceria.

Para elaborar os projetos de resíduos sólidos são necessários R$ 30 mil. O Governo do Estado entrará com o subsídio de R$ 17 mil e o município com R$ 13 mil?, declarou.

Ao todo, o projeto envolve 32 cidades na macrorregião de Picos e tem parte do seu investimento, R$ 8,5 milhões, oriundos do Tesouro Estadual. Este recurso deve ser aplicado na construção da usina com capacidade para processar 150 toneladas de lixo por dia e produzir 400 toneladas de adubo orgânico por mês.

Segundo a secretária Estadual do Trabalho e Emprego, Larissa Maia, os recursos conseguidos junto ao Ministério do Trabalho e Emprego serão investidos em equipamentos e custeio das unidades de transbordo.

?Outros R$ 30 milhões, também aplicados via Setre, serão utilizados para capacitar, qualificar e formar pessoal de cooperativas de catadores da região?, afirma.

Na usina de Picos, o lixo orgânico seguirá para compostagem, o lixo incinerado será utilizado na produção de bioenergia e o lixo reciclável será manejado pelas cooperativas para a geração de renda.

MEL E CAJU - Wilson Martins também fez a entrega de veículos e kits para cooperativas na região, como a Casa Apis a fim de fortalecer o setor da apicultura bastante afetado durante a seca do último ano. Foi realizada ainda a entrega de mudas de caju anão precoce aos produtores dos municípios do Vale do Rio Guaribas.

Picos ganha dois módulos do Ronda

O governador Wilson Martins inaugurou ontem, em Picos, dois módulos do Ronda Cidadão. Com isso, a cidade torna-se totalmente coberta pelo policiamento que receberá mais vinte policiais, armamentos e mais uma nova viatura totalmente equipada. O Ronda Cidadão em Picos contará com 35 policiais e três viaturas que realizarão o policiamento em todos os bairros da cidade.

Na solenidade, o governador afirmou que a meta é levar o programa a todo o Piauí e garantir mais segurança à população. ?É um programa que vai somar às forças já existentes e atuará, com mais proximidade, junto à comunidade?, disse. Após a implantação do primeiro módulo do Ronda Cidadão no município, a criminalidade reduziu de forma significativa.

Segundo dados contabilizados pelo 4º Batalhão de Policiamento Militar, as principais ocorrências registradas na cidade diminuíram, a exemplo das agressões domésticas, do roubo a comércios e transeuntes, bem como os casos de ameaças.

De acordo com o comandante geral da Polícia Militar, Gerardo Rebelo, o Governo do Estado dará continuidade às políticas de fortalecimento da instituição. A interligação dos segmentos da Polícia também é uma das metas a serem executadas este ano pela corporação.

?Queremos integrar o efetivo do Ronda Cidadão, com o Programa de Reeducação e Prevenção às Drogas, além do Cidadão Mirim, com o intuito de intensificar as ações de prevenção social?, explica o comandante da PM. (A.R.)

Wilson visita obra do mercado de Picos

O governador Wilson Martins fez uma vistoria às obras de construção de dois pavilhões do mercado público de Picos.

A obra, que custará pouco mais de R$ 4,046 milhões, está sendo executada com recursos do Governo do Estado com contrapartida da prefeitura do município.

Os pavilhões conterão os blocos de cereais e carnes do mercado. Cada prédio terá 1.400 metros quadrados, 200 vagas para estacionamento e capacidade para 68 boxes. Sendo que o pavilhão de carnes contará ainda com uma câmara frigorífica.

?A construção desses pavilhões vai beneficiar centenas de famílias que dependem do comércio não só em Picos, mas de cidades vizinhas.?, afirmou Wilson.

Para o prefeito Kléber Eulálio, a obra vai ajudar a resolver um problema antigo do centro de Picos. ?Todos os dias temos um engarrafamento enorme nas ruas próximas ao mercado antigo que fica bem no centro da cidade. O novo espaço vai contar com amplo estacionamento e, assim, ajudará a viabilizar o tráfego?, disse.

A obra deve ser entregue no segundo semestre deste ano. ?Para que os pavilhões sejam inaugurados no prazo, a Seinfra tem acompanhado de perto a construção que encontra-se na fase mais importante que é a fundação dos prédios?, concluiu Castro Neto. (A.R.)

Fonte: Jornal Meio Norte