Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Acesse a versão para celular

Jornalista leva tiro de fuzil no pé no réveillon do Rio de Janeiro

Jornalista ficou dois dias com o projétil alojado no corpo.

Jornalista leva tiro de fuzil no pé no réveillon do Rio de Janeiro
Jornalista leva tiro de fuzil no pé no réveillon do Rio de Janeiro | Lívia Torres/G1
Compartilhe
Google Whatsapp

A jornalista Marcia Mendel, de 37 anos, poderia não estar viva para contar os momentos de aflição que viveu durante o réveillon do Rio de Janeiro. A profissional de Comunicação foi atingida com um tiro de fuzil no pé dentro de sua própria casa, no Flamengo, Zona Sul, próximo de uma comunidade assolada pelo crime. Ela conta que só percebeu que havia sido alvejada por bala dois dias depois, quando passou a sentir fortes dores. 

“Estragou todo o nosso planejamento. A gente ia viajar. E o maior risco, e tiveram que fazer a minha cirurgia às pressas, foi porque a bala ficou dois dias no meu pé. Ela poderia ter sido retirada logo se a radiografia tivesse sido feita. Eu estou tendo que ficar internada para evitar risco de infecção. Isso poderia ter sido evitado se a radiografia tivesse sido feita antes”, contou. 

Jornalista atingida por bala de fuzil durante réveillon do Rio de Janeiro (Crédito: Lívia Torres/G1)
Jornalista atingida por bala de fuzil durante réveillon do Rio de Janeiro (Crédito: Lívia Torres/G1)

Marcia Mendel  foi levada para o Hospital Copa D'or, onde  descobriu que havia sido atingida por bala de fuzil. “Eu expliquei ao médico que moro perto de uma comunidade e que poderia ter sido estilhaço de bala ou fogos. O médico deu um ponto e falou que o inchaço e o hematoma era devido ao trauma causado pela ferida”,  relatou. 

Em seguida, devido fortes dores, ela procurou um outro hospital onde, depois de conversar com o médico, conseguiu fazer o exame de Raio-X que não foi feito no hospital anterior.

“Ele [o segundo médico que a atendeu] também achou que não tinha nenhuma necessidade [de examinar por imagens], mas acabou fazendo. Quando saiu a radiografia, vimos que tinha uma bala inteira dentro do meu pé”, disse.

A jornalista teria sido atingida por uma bala calibre 762, comumente usada em fuzis como o de modelo AK-47- arma de guerra de uso exclusivo das Forças Armadas.




Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto