Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Acesse a versão para celular
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Vídeo flagra momento que empresário é morto no próprio restaurante

Empresário reagiu após criminoso anunciar assalto e foi baleado

Vídeo flagra momento que empresário é morto no próprio restaurante
Armado | Reprodução
Compartilhe
Google Whatsapp

Câmera de segurança de um restaurante registrou o momento em que um empresário foi morto a tiros, dentro de um restaurante, em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. O crime aconteceu na madrugada desta quinta-feira (15), por volta das 2h30, na BR-116. No local, também funciona um posto de combustível do qual a vítima era dona.

Image title

Conforme a polícia, três homens fizeram uma refeição no estabelecimento e, no momento de pagar a conta, um deles anunciou o assalto e apontou a arma para a vítima, Domício Silveira do Amaral, que tinha 57 anos. As imagens mostram que o empresário reagiu ao assalto e chegou a segurar o cano da arma, mas acabou baleado. Os suspeitos fugiram em um carro.

 A polícia informou que o carro usado pelos bandidos na fuga foi encontrado e apreendido na BR-116, perto do local chamado Planalto. Dois dos suspeitos já foram identificados, mas ninguém foi preso.

O delegado Ney Brito, titular da Delegacia de Homicídios de Vitória da Conquista, informou que a polícia trabalha com duas linhas de investigação: homicídio e latrocínio, roubo seguido de morte. "Só as investigações poderão confirmar o que aconteceu", disse.

Segundo familiares do empresário, o estabelecimento funciona há mais de 20 anos no local e sofria assaltos frequentemente. O último ocorreu no domingo (11). "Ele era uma pessoa sensata, tinha experiência [com o trabalho] na estrada, mas chegou ao ápice a revolta dele e, infelizmente, destruiu várias vidas", disse emocionado José Nilton Alves, genro de Domício.

Nesta quinta, faixas de luto foram colocadas no restaurante onde o crime ocorreu. "Para a gente ele não era um patrão, era um pai. Nas dificuldades ele ajudava com palavras ou de qualquer outra maneira. Essa pessoa que fez isso com ele tirou um amigo, um pai de família", disse a auxiliar de cozinha Rosileide Pereira. A vítima deixou duas filhas e três netos.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto