O excesso de pele dos braços é um terror para muitas pessoas, que se incomodam com o aspecto provocado por essa flacidez. Com o crescimento da procura por cirurgias plásticas no Brasil, um tipo de precedimento que visa combater esse problema também vem sendo buscado nos consultórios. É a braquioplastia, também conhecida como lifting de braço.

    De acordo com o cirurgião plástico, Davis Barbosa, a braquioplastia é uma cirurgia realizada para retirar o excesso de pele dos braços. É feita através de um corte na parte de dentro dos braços, para a retirada. O tamanho da cicatriz vai depender da quantidade de pele a ser retirada e pode variar desde uma cicatriz pequena na região axilar, até uma cicatriz que inicia na axila e ultrapassa o cotovelo. 

“A indicação desta cirurgia é para pessoas que possuem um grande excesso de pele da parte interna dos braços. Com mais frequência, após grande perda de peso (ex-obesos)”, explica o médico.

Braquioplastia: cirurgia é indicada para quem tem excesso de pele nos braços Braquioplastia: cirurgia é indicada para quem tem excesso de pele nos braços 

Segundo o cirurgião, o mais importante são as condições de saúde. A pessoa deve estar saudável para realizar uma cirurgia como esta. “É necessário que o incômodo com o excesso de pele seja grande a ponto de a pessoa preferir uma cicatriz no lugar do excesso de pele. Por fim, em casos de ex-obesos, tem a questão do peso estar estável há mais de três meses, da reposição de vitaminas estar sendo realizada corretamente e de ter havido liberação do cirurgião bariátrico e nutrólogo”, ressalta.

Braquioplastia, a cirurgia que acaba com o excesso de pele nos braços - Imagem 2

Braquioplastia: cirurgia é indicada para quem tem excesso de pele nos braços 

    Davis explica ainda que os braços são uma área cuja pele tem pouca chance de contrair após uma lipoaspiração, portanto, lipoaspirações grandes realizadas nesta área costumam dar resultado ruim por deixar com uma dobra de pele ou irregularidades na região. 

“A braquioplastia vem a resolver este problema, entretanto às custas de uma cicatriz (normalmente grande), em uma área na qual as cicatrizes costumam ter qualidade ruim e serem muito visíveis. Outra questão é que não deve ser realizada lipoaspiração importante no momento da braquioplastia, de forma que, em alguns casos, se faz uma cirurgia em duas etapas: primeiro uma grande lipoaspiração e, após alguns meses, a braquioplastia”, acrescenta.

 Braquioplastia, a cirurgia que acaba com o excesso de pele nos braços - Imagem 3

Cirurgião plástico Davis Barbosa  

RECUPERAÇÃO 

   A recuperação costuma ser tranquila, com pouca ou nenhuma dor e baixos índices de complicações. O repouso relativo dos braços é necessário durante o período aproximado de duas semanas e deve-se usar uma malha compressiva nos mesmos. “No tocante ao formato, os resultados costumam ser muito satisfatórios. A limitação é a questão das cicatrizes. Inclusive alguns pacientes acabam fazendo tatuagens nesta área para disfarçar”, completa o especialista.